Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/426
Tipo: doctoralThesis
Título: Análise econômica do serviço público de próteses dentárias totais no município de Curitiba
Autor(es): Silva, Sávio Marcelo Leite Moreira da
Orientador: Shinkai, Rosemary Sadami Arai
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2011
Palavras-chave: PRÓTESE DENTÁRIA
ANÁLISE DE CUSTOS (CONTABILIDADE)
ODONTOLOGIA
QUALIDADE DE VIDA
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
Resumo: The aim of this study was to evaluate the production of complete dentures by the public health system (Sylvio Gevaerd Dental Specialty Center) of Curitiba city, PR, Brazil, in the years 2007, 2008 and 2009, as well as to develop a model to study the cost-effectiveness and cost-utility of complete denture treatment. After obtaining the total number of complete dentures produced in the study period of time, a sample was calculated and drawn to collect data on conditions of use and impact of dentures. A total of 555 patients wearing 899 dentures were interviewed using structured questionnaires. The cost of the denture manufacturing was calculated according to the methods and guidelines of the National Program of Cost Management of the Healthy Ministry of Brazil. The effectiveness index of the treatment was calculated by dividing the number of dentures in continuous use by the total number of installed dentures. The utility index was obtained based on a modified score of OHIP-EDENT. The mean cost of the denture manufacture was R$772. 09, with variations by year: in 2007 the average manufacture cost per denture was R$537. 41; in 2008 this cost was R$625. 31; and in 2009 it was R$1627. 05. Considering the clinical and laboratorial items, the costs with human resources were the most representative item in the denture cost. The average clinical cost of denture manufacturing during the 3-year period was 62. 61%, while the laboratory cost per year was 37. 39%. A total of 66. 96% of the installed dentures were in continuous use, 22. 13% were discarded and 10. 90% were eventually used. The frequency of discarded mandibular dentures (27. 93%) was higher than that of the maxillary dentures (17. 97%). Among the discarded dentures, 65. 33% of the patients quit wearing at least one of the dentures before the first month. The most cited reasons for not using the dentures were injuries to the bearing mucosa (45. 71%) and lack of retention and stability (42. 14%). The cost-effectiveness per denture fabricated by the Dental Specialty Center during the 3-year study period was R$1153. 05; the annual cost-utility was R$1377. 55. The public health service should focus on increasing the number of dentures produced for the given fixed costs, as well as reorganized the manufacturing process to improve the prosthesis effectiveness in terms of adaptation to the bearing area, comfort, retention and stability.
Este trabalho avaliou a produção de prótese dentária pelo serviço público do Município de Curitiba nos anos de 2007, 2008 e 2009 e desenvolveu um modelo para avaliação econômica de custo-efetividade e custo-utilidade. Após o levantamento de toda a população atendida no serviço, obteve-se uma amostra por sorteio estratificado. Para análise das condições de uso e motivos de abandono das próteses construídas durante os 3 anos do estudo foram entrevistados 555 pacientes usuários de 899 próteses. O custo de produção das próteses no período foi calculado segundo métodos e diretrizes do Programa de Nacional de Gestão de Custos do Ministério da Saúde do Brasil. 0 índice de efetividade do tratamento foi calculado pelo número de próteses totais em uso contínuo dividido pelo número total de próteses instaladas. O indice de utilidade foi construído com base num escore modificado gerado pela aplicação do OHIP- EDENT. O custo médio de produção das próteses totais foi de R$772,09, com variação anual: em 2007, o custo médio de produção por prótese foi de R$537,41; em 2008 foi de R$625,31 e em 2009 foi de R51. 627,05. As despesas com pessoal foram os itens mais representativos no custo médio das próteses tanto sob aspecto clínico quanto laboratorial. Em 2009 os gastos com pessoal representou 87,55% do custo clínico de produção das próteses totais. O custo clínico de produção anual das próteses totais oscilou entre 62,17% em 2008 e 62,96% em 2007 do custo total de produção. Nos 3 anos a média anual variou pouco em relação a média de todo o período que foi de 62,61%. O custo laboratorial de produção anual oscilou entre 37. 04% em 2007 e 37,83% em 2008.A média para o triênio foi de 37,39%. Um total de 66,96% das próteses instaladas nos pacientes da amostra estão em contínuo uso, 22,13% foram abandonadas e 10,90% são usadas eventualmente. As próteses mandibulares tiveram maior taxa de abandono do que as maxilares (27,93% e 17,97%, respectivamente). Um total de 65,33% dos pacientes que abandonaram ao menos uma das próteses o fizeram antes de 1°. mês de uso. Dos pacientes que abandonaram ao menos uma das próteses, 45,71% alegaram que deixaram de usá-las porque a prótese machucava a mucosa de suporte, sendo este o motivo mais citado pelos pacientes. A falta de retenção ou estabilidade foi a segunda causa mais alegada com 42,14%. O custo-efetividade das próteses totais produzidas no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) no triênio estudado foi de R1. 153,05 por prótese efetivamente em uso pelos pacientes. O custo-utilidade anual das próteses produzidas no CEO Sylvio Gevaerd no triênio foi de RS 1. 377,55. A gestão do serviço deve focar no aumento do número de próteses produzidas sem elevar os custos fixos e realinhar os processos produtivos das peças com vistas a aumentar a efetividade das próteses, sobretudo nos fatores que garantam retenção, estabilidade e o uso das peças sem causar lesões à mucosa de suporte.
URI: http://hdl.handle.net/10923/426
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000432506-0.pdfTexto Completo1,89 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.