Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4322
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMoriguchi, Emilio H.en_US
dc.contributor.authorCruz, Alexandre Armando Mânica daen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T19:03:33Z-
dc.date.available2013-08-07T19:03:33Z-
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/4322-
dc.description.abstractAtualmente, o Brasil é o país que possui a maior população japonesa que vive fora do Japão, porém estudos no país com estes indivíduos, investigando fatores de risco a doenças crônico degenerativas e atividade física, ainda são incipientes. Objetivo: caracterizar o perfil de atividade física em indivíduos de etnia japonesa residentes na região metropolitana de Porto Alegre-RS e avaliar a sua relação com indicadores de saúde. Método: estudo transversal, observacional e analítico. Os dados foram coletados em 2005, através de uma entrevista estruturada contendo: características demográficas e socioeconômicas, indicadores de saúde, perfil nutricional, avaliação clínica, medidas antropométricas e bioquímica. Atividade física estimada através do protocolo International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). Resultados: 90 indivíduos participaram do estudo, 44,4% homens e 55,6% mulheres, a idade média foi de 54,78±16,37 anos, 51,1% eram aposentados, 32,3% eram agricultores, 37,8% possuía ensino médio. Quanto aos indicadores de saúde, 60,9% relataram ter boa saúde, 31,1% relataram ter dislipidemia, 66,7% apresentou baixo risco nutricional. Em relação aos indivíduos classificados pelo IPAQ como ativos: 46,6% realizavam atividade física no trabalho, 50% tinham idade superior a 60 anos. Através de um modelo linear de regressão linear múltipla, verificou-se que os indivíduos ativos quando comparados com os insuficientemente ativos apresentaram nível mais elevado de HDL-c (6,3 mg/dL, p=0,035), menor cintura (- 4,2 cm, p=0,039) e menor medida de quadril (-5,2 cm, p=0,032). Conclusão:. a análise dos indicadores de atividade física e de saúde demonstrou que os indivíduos ativos apresentaram níveis mais elevados de HDL-colesterol, menores medidas de cintura e quadril. Atividade física realizada no trabalho ou no tempo livre pode atuar positivamente e contribuir para a manutenção da saúde e prevenção de patologias.pt_BR
dc.description.abstractNowadays, Brazil is the country that possesses the largest Japanese population than living out of Japan, however studies at the country with these individuals accomplished investigating risk factors to degenerative chronic diseases and physical activity are still incipient. Objective: to characterize the profile of physical activity in individuals Japanese residents in the metropolitan area of Porto Alegre-RS and to evaluate with health indicators. Method: cross-sectional, observational, analytical study. The data were collected in 2005, through a structured interview containing: demographic and social economic characteristics, health indicators, nutritional profile, clinical assessment, anthropometric measurements and biochemistry. Physical activity was estimated using the protocol International Physical Activity Questionnaire – IPAQ. 90 individuals participated in the study, 44,4% men and 55,6% women, the average age was of 54,78 years, 51,1% were retired, 32,3% were farmer, 37,8% possessed high school. In relation to the health indicators, 60,9% reported to have good health, 31,1% reported to have dislipidemia, 66,7% presented low risk nutritional. In relation to the individuals classified by IPAQ as actives: 46,6% accomplished physical activity in the work, 50% had superior age to 60 years. Through a lineal model of multiple regression, the active individuals when compared with the insufficiently actives presented higher level of HDL-c (6,3 mg/dL, p=0,035), smaller waist (-4,2 cm, p=0,039) and minor measured of hip (-5. 2 cm, p=0,032). Conclusion: the analysis of the health indicators and physical activity demonstrated that the active individuals presented higher levels of HDL-cholesterol, minor measured of waist and hip. Physical activity accomplished in the work or in the leisure time it can act positively and to contribute for the maintenance of the health and prevention of pathologies.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectMEDICINApt_BR
dc.subjectEXERCÍCIOS FÍSICOS - ASPECTOS DA SAÚDEpt_BR
dc.subjectJAPONESESpt_BR
dc.titleCaracterização do perfil de atividade física e sua relação com os indicadores de saúde em indivíduos de etnia japonesa residentes na região metropolitana de Porto Alegre-RSpt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúdept_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2006pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000380549-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo401,23 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.