Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/443
Type: masterThesis
Title: Avaliação da força de mordida em pacientes bruxômanos antes e após o uso da placa de avanço mandibular
Author(s): Mainieri, Vivian Chiada
Advisor: Grossi, Márcio Lima
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Issue Date: 2007
Keywords: ODONTOLOGIA
BRUXISMO
ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR - DISFUNÇÕES
OCLUSÃO DENTÁRIA
Abstract: O objetivo do estudo foi avaliar a força de mordida em pacientes portadores de bruxismo antes e depois do uso de uma placa resiliente (Placa de Avanço Mandibular). Foram selecionados 18 pacientes portadores de Bruxismo e sem Desordens Temporomandibulares. A força máxima de mordida foi mensurada nesses indivíduos através de um transdutor de força compressiva de arco cruzado (Sensotec 13/2445-02, Columbus, OH, Estados Unidos) colocado na região de primeiro molar, e através do questionário QAS (Questionário de Avaliação do Sono - Centro para o Sono e Cronobiologia da Universidade de Toronto, Canadá) foi respondido por eles. Estes pacientes utilizaram em casa um adesivo denominado Bite Strip ® para determinar o número de contrações do másseter executadas por eles durante a noite e determinar o diagnóstico do bruxismo. Após o a confirmação do bruxismo, os pacientes usaram a placa de avanço mandibular por uma média de 30 dias, e, então utilizaram um novo Bite Strip ®, responderam novamente o questionário SAQ e uma nova mensuração da força de mordida foi realizada. Os resultados demonstraram que houve diminuição significativa dos parâmetros de diagnóstico do Bruxismo nos indivíduos estudados após o uso da placa, a força de mordida diminuiu após o uso da placa de avanço mandibular. Pode-se concluir que no período de um mês já se obteve a diminuição dos sintomas do bruxismo nos pacientes estudados.
A before and after study was realized with de proposition to evaluate the bite force in patients with bruxism before and after the use of a soft splint (mandibular advanced device). Eighteen patients with bruxism and without Temporomandibular disorders were selected to the study . The maximal bite force was measurement using a cross-arch force transducer (Sensotec 13/2445-02, Columbus, OH, Estados Unidos) placed in the region of the first molar and the SAQ (The University of Toronto Sleep Assesssment Questionnaire) was responded by them. This patients used an home-screening tool to detect the amout of nocturnal bruxism named Bite- Strip® during one night of sleep and to determinated the bruxism diagnosis . After the bruxism confirmation the patients use the mandibular advancement device for thirty days, used a new Bite Strip®, responded the SAQ again and a the maximal bite force was measurement again. The Results showed that had a significant decrease in the parameters of bruxism diagnosis in the studied patients, after the use of the slint, the bite force decreased too after the use of the mandibular advancement device.
URI: http://hdl.handle.net/10923/443
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000397721-0.pdfTexto Completo1,8 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.