Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4599
Tipo: masterThesis
Título: Efeito da terapia com células mononucleares de medula óssea em perfurações agudas de membrana timpânica
Autor(es): Fabricio, Daniela Dias
Orientador: Silva, Jefferson Luis Braga da
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: MEDICINA
PERFURAÇÃO DA MEMBRANA TIMPÂNICA
CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS
CÉLULAS-TRONCO
EPIDEMIOLOGIA EXPERIMENTAL
Resumo: INTRODUÇÃO: As células mononucleares de medula óssea têm sido utilizadas em diversas patologias na tentativa de regeneração tecidual. O objetivo deste estudo foi avaliar o seu potencial efeito na cicatrização de perfurações agudas da membrana timpânica (MT). MÉTODOS: Foram realizadas perfurações timpânicas bilateralmente por meio de miringotomia em 10 ratos Wistar. Células mononucleares de medula óssea foram utilizadas de um lado e solução fisiológica no lado contralateral. Avaliou-se o tempo de cicatrização, a mobilidade timpânica e a histologia. RESULTADOS: O lado que utilizou células mononucleares cicatrizou em média 3 dias antes que o controle (p=0,006). Não houve diferença de mobilidade ou padrão histológico entre os grupos. CONCLUSÃO: As células mononucleares de medula óssea proporcionaram uma cicatrização mais rápida da MT que o grupo controle.
INTRODUCTION: Bone marrow mononuclear cells have been utilized in tissue regeneration attempts in several pathologies. The aim of this study was to evaluate the potential healing effect of these cells in fresh tympanic membrane perforations. METHODS: Bilateral myringotomy was performed in 10 Wistar rats. Bone marrow mononuclear cells were used in one side and physiologic solution (control) in the opposite side. We evaluated healing time, tympanic membrane mobility and histology. RESULTS: The side where mononuclear cells were applied healed 3 days earlier than the control side (p=0,006). There was no difference in mobility or histology between groups. CONCLUSION: Bone marrow mononuclear cells provided a faster tympanic membrane healing time when compared to a control group.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4599
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000412790-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo4,83 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.