Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4755
Type: masterThesis
Title: Efeito da exposição a extratos parasitários na indução de rinite alérgica em camundongos
Author(s): Brum, Charles de Ornelas
Advisor: Pitrez, Paulo Márcio Condessa
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Issue Date: 2008
Keywords: MEDICINA
PEDIATRIA
RINITES
EPIDEMIOLOGIA
PARASITOLOGIA
Abstract: Background: There is accumulating evidence that helminth infections may be capable of modulating the expression of allergic diseases. Nasal increased eosinophils are one of the major hallmarks of allergic rhinitis. The objective of this report was to evaluate the effect of extracts of different parasites on the upper airway in a murine model of allergic rhinitis. Methods: BALB/c mice were first sensitized intraperitoneally (i. p) to ovalbumin (OVA, days 0 and 14) and were challenged intranasally (i. n) with OVA on 3 consecutive days (days 25, 26, 27). Extracts of adult Angiostrongylus costaricensis (A. costaricensis), Angiostrongylus cantonesis (A. cantonensis) and Ascaris lumbricoides (A. lumbricoides) worms were given by i. p. injection, in three different groups, respectively, on day -7. A fourth group, without extract administration, was used as the control group. Twenty-four hours after the last i. n OVA challenge, the mice were euthanized. Nasal tissues were removed and histology analysis was performed by light microscopic examination. Results: Mean of eosinophils counted in the control group was 25. 74 ± 3. 06. Eosinophil counts (cells/mm2) in A. costaricensis, A. lumbricoides and A. cantonensis groups were significantly lower than the control group (1. 88 ± 0. 60, 2. 37 ± 0. 66 and 2. 31 ± 0. 56, respectively; p=0. 001). ). The mean eosinophils counted in the treatment groups were not significantly different among the groups (p > 0,05). Conclusions: Our results suggest that systemic exposure to different adult parasite worm extracts suppress the eosinophilic inflammation in a murine model of allergic rhinitis.
Introdução: diversos estudos têm demonstrado que infecções helmínticas são capazes exercer um efeito modulador na expressão de doenças alérgicas. O aumento do número de eosinófilos no epitélio nasal é uma das principais características da rinite alérgica (RA). O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de extratos de diferentes parasitos adultos na resposta alérgica de vias aéreas superiores, utilizando-se um modelo murino. Métodos: camundongos BALB/c foram sensibilizados intraperitonealmente (i. p) com ovalbumina (OVA, nos dias 0 e 14). Após a sensibilização, nos dias 25, 26 e 27 do protocolo, os animais foram submetidos a instilações intranasais (i. n) de OVA. Extratos de vermes adultos de Angiostrongylus costaricensis (A. costaricensis), Angiostrongylus cantonensis (A. cantonensis) e Ascaris lumbricoides (A. lumbricoides) foram administrados através de injeção i. p em três diferentes grupos, respectivamente, no dia – 7. Um quarto grupo, no qual não foi administrado extrato parasitário, foi usado como controle. Vinte quatro horas após o último desafio com OVA i. n, os camundongos foram eutanaziados. O epitélio nasal foi removido e a análise histológica foi realizada em microscopia óptica. Resultados: a média do número de eosinófilos por mm2 (células/ mm2) no grupo controle foi de 25,74 ± 3,06. Enquanto a média de eosinófilos nos grupos A. costaricensis, A. lumbricoide e A. cantonensis foi significativamente menor que no grupo controle (1,88 ± 0,60; 2,37 ± 0,66 e 2,31 ± 0,56, respectivamente, p = 0,001). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos de tratamento com extrato parasitário (p > 0,05). Conclusão: os resultados sugerem que a exposição sistêmica a extratos de diferentes vermes adultos pode suprimir a inflamação eosinofílica em um modelo murino de rinite alérgica.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4755
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000409862-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo4,29 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.