Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4886
Tipo: masterThesis
Título: O olhar de psicanalistas que escutam a adolescência: singularidades da clínica atual
Autor(es): Ayub, Renata Cardoso Plácido
Orientador: Macedo, Mônica Medeiros Kother
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: PSICOLOGIA CLÍNICA
PSICOLOGIA DO ADOLESCENTE
PSICANÁLISE
ADOLESCENTES
Resumo: Mudanças inerentes à complexa passagem da vida infantil para a vida adulta caracterizam a adolescência. Trata-se de um tempo do ciclo vital marcado pela intensidade de sentimentos e experiências quanto ao processo identitário, que somam às modificações decorrentes da puberdade. As contínuas transformações experenciadas pelos adolescentes têm sido objeto de estudo da clínica psicanalítica em função da importância que adquirem no contexto da saúde psíquica. Esta dissertação tem o objetivo de identificar e abordar, a partir da experiência de escuta de psicanalistas, características e peculiaridades que marcam a clínica com adolescentes no contexto contemporâneo. Foram elaboradas duas seções sobre o tema: uma teórica e uma empírica. O estudo teórico refere-se, a partir de uma revisão da literatura, às possibilidades de enlaces entre as grandes transformações da adolescência e às exigências do contexto sociocultural contemporâneo. É possível constatar que as demandas culturais podem se sobrepor às características típicas deste período do ciclo vital, resultando, assim, na existência de padecimentos psíquicos. A seção empírica desenvolve um estudo de cunho qualitativo, que objetiva conhecer e compreender características e peculiaridades da clínica contemporânea da adolescência, a partir da vivência de psicanalistas, considerando o exercício da escuta analítica. Foram entrevistados dez psicanalistas da cidade de Porto Alegre, com atuação de, no mínimo, dez anos no atendimento clínico a pacientes adolescentes.Por meio da técnica de Análise de Conteúdo, foram identificadas três categorias finais, ilustradas com vinhetas das falas dos participantes: a respeito da família e da escola como campos fundamentais da experiência intersubjetiva do adolescente; a necessidade de recursos psíquicos frente às exigências para o enfrentamento do processo de ressignificação do si mesmo; e, por último, os desafios e inquietações no campo analítico no que diz respeito às especificidades teóricas e técnicas a partir da escuta de adolescentes. Para a discussão dos achados, lançou-se mão do referencial psicanalítico. Os aspectos encontrados nesta dissertação permitem um melhor conhecimento sobre a articulação das demandas da cultura atual com as modalidades psicopatológicas que se fazem presentes na clínica psicanalítica da adolescência. Da mesma forma, o espaço da análise evidencia-se neste estudo como uma relevante possibilidade de construção e atribuição de significado aos padecimentos psíquicos da adolescência de modo a viabilizar desdobramentos saudáveis às suas vivências.
Inherent changes in the complex transition from childhood to adulthood characterize adolescence. It is about a time in the life cycle based in the intensity of feelings and experiences as well as the identification process, which adds to the transformations due by puberty. The continuous transformations experienced by the adolescents have been studied in the psychoanalytic clinic due to the importance in the context of mental health. This dissertation aims to identify and address from the listening experience of psychoanalysts, characteristics and peculiarities which mark the clinic with adolescents in the contemporary context. Two sections were prepared about the topic: a theoretical and empirical. The theoretical concerns, from a literature review, the possibilities of linking between the major changes of the adolescence and the demands of the contemporary cultural context. It is possible to conclude that cultural demands may overlap with the typical features of this time in the lifecycle, thus resulting in the existence of psychic suffering. The empirical section develops a qualitative study which aims to examine and understand the characteristics and peculiarities of contemporary clinical adolescents from the experience of psychoanalysts considering the exercise of analytic listening. It was interviewed ten psychoanalysts in the city of Porto Alegre, with performance of at least ten years analyzing adolescent patients. Through the technique of content analysis, we identified three final categories, illustrated with vignettes of the participants' statements: regarding their family and their school as main fields of inter-subjective experience of the adolescents, the need of psychological resources before the demands to face the process of redefinition of oneself and, finally, the challenges and concerns in the analytical field regarding the specific theoretical and technical from listening the adolescents.For a discussion of the findings, we make use of psychoanalysis. Aspects found in this work allow a better understanding of the articulation of the demands of today's culture with the different types of psychopathology that are present in the psychoanalytic treatment of adolescents. Similarly, analysis is highlighted in this study as a relevant possibility of constructing and assigning meaning to the psychological suffering of adolescence in order to allow healthy developments to their experiences.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4886
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000421854-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo336,97 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.