Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4920
Type: doctoralThesis
Title: Motivação para a mudança de comportamento no jogo patológico: tradução, adaptação e validação da "University Rohde Island Change Assessment (URICA)"
Author(s): Souza, Cristiane Cauduro de
Advisor: Oliveira, Margareth da Silva
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Issue Date: 2009
Keywords: PSICOLOGIA
MOTIVAÇÃO (PSICOLOGIA)
COMPORTAMENTO (PSICOLOGIA)
JOGOS - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
JOGO PATOLÓGICO
Abstract: The Transtheoretical Model of Behavior Change has been used in several dependent disorders as approach of understanding the process of change. This model is based on the premise that behavior change happens over a process in which people pass through various stages of motivation to change: Pre-contemplation, Contemplation, Preparation, Action and Maintenance. The University Rohde Island Change Assessment-URICA is a self-reported scale that was built to identify the motivational stages and readiness to change in various behaviors. This study aims to describe the process of translation, semantic equivalence and cultural adaptation of the URICA and identify the evidence of validation of this scale (reliability) between pathological gamblers. The questionnaire was translated from the original English version to Portuguese, using the process of translation-back translation (English-Portuguese- English), followed by an evaluation committee of specialists and approval of one of the authors of the scale. Later, it was studied the psychometric properties of the instrument in a sample of 69 subjects diagnosed with Pathological Gambling, according to diagnostic criteria of DSM-IV-TR. The subjects were evaluated in ambulatory care locals in Porto Alegre and São Paulo, and groups of Anonymous Gamblers, between 2006 and 2008. For the study of evidence of validation of URICA were analyzed indicators of internal consistency and convergent validity with the ruler of readiness (visual-analogue measure), as well as the instruments: SOGS (South Oaks Gambling Screen), BAI and BDI. There was need for vocabulary adjustments in some items, and it was decided by the inclusion of terms that refer to the "habit of gambling," referring to the behavior studied and the peculiarities of this sample. Descriptive analysis was carried out and there was a correlation between the judges of 75%, adequate reliability of URICA (\ = 0. 82) and significant correlation with the ruler of readiness in the pre-contemplation stage (r = -0305, p = 0. 11) and action (r = 0,301, p = 0. 12). The sample was divided into two groups, as the system of treatment: group from outpatient clinics specialized in treatment of addictions and participants of the group of Anonymous Gamblers in Porto Alegre. The outpatient group had significantly higher average scores than the Anonymous Gamblers (AG) both in the pre-contemplation stage (p = 0005) and in the maintenance stage (p = 0044). The abstinence period, the AG is associated with a time of abstinence superior than 180 days, while the outpatient group is associated with a period from 30 to 180 days in this sample. Considering the reports of specialists, it was assembled the final version of the Brazilian URICA-adaptation for pathological gambling that showed as easy application tool and with good semantic equivalence. Moreover, the URICA - Brazilian adjustment for pathological gambling had indicated useful and reliable for evaluating the motivation to change, considering the motivational stages and readiness to change among pathological gamblers.
O Modelo Transteórico de Mudança de Comportamento tem sido utilizado em vários transtornos dependentes como forma de compreender o processo de mudança. Este modelo está fundamentado na premissa de que a mudança do comportamento acontece ao longo de um processo, no qual as pessoas passam por diversos estágios de motivação para mudar: Pré-contemplação, Contemplação, Preparação, Ação e Manutenção. A University Rohde Island Change Assessment – URICA é uma escala auto-aplicável que foi construída com o objetivo de identificar os estágios motivacionais e a prontidão para mudança em diversos comportamentos. O objetivo deste trabalho é descrever o processo de tradução, equivalência semântica e adaptação cultural da URICA, bem como identificar as evidências de validação desta escala entre jogadores patológicos. O questionário foi traduzido do original em inglês para o português, utilizando processo de tradução-retradução (inglês-português-inglês), seguido de avaliação de um comitê de especialistas (interjuízes) e aprovação de um dos autores da escala. Posteriormente, foram estudadas as propriedades psicométricas do instrumento em uma amostra de 69 sujeitos com diagnóstico de Jogo Patológico, segundo critérios diagnósticos do DSM-IV-TR. Os sujeitos foram avaliados em ambulatórios de atendimento em Porto Alegre e São Paulo, e grupos de jogadores anônimos, entre 2006 e 2008. Para o estudo de evidências de validação da URICA foram analisados os indicadores de consistência interna e validade convergente com a régua de prontidão (medida analógico-visual), além de instrumentos como: SOGS (South Oaks Gambling Screen), Inventário de Ansiedade de Beck - BAI e Inventário de Depressão de Beck - BDI. Houve necessidade de ajustes no vocabulário e em algumas questões optou-se pela inclusão de termos que se referem ao “hábito de jogar”, fazendo referência ao comportamento estudado e as particularidades desta amostra. Foi realizada análise descritiva interjuízes e observou-se uma concordância entre os juízes de 75%, adequada confiabilidade da URICA (\= 0,82) e a correlação significativa com régua de prontidão nos estágios de pré-contemplação (r= -0,305; p= 0,11) e ação (r=0,301; p=0,12). A amostra foi subdividida em dois grupos, conforme o regime de tratamento: grupo proveniente de ambulatórios especializados no tratamento de dependências e participantes do grupo de Jogadores Anônimos de Porto Alegre. O grupo ambulatório apresentou escore médio significativamente maior do que os Jogadores Anônimos (JA) tanto no estágio de Pré-contemplação (p=0, 005) quanto no estágio de manutenção (p= 0, 044). Quanto ao tempo de abstinência, o JA está associado a um tempo de abstinência superior a 180 dias enquanto que o grupo ambulatório está associado a um período de 30 a 180 dias nesta amostra. Considerando-se os pareceres dos juízes especialistas, construiu-se então a versão final da URICA- adaptação brasileira para jogo patológico que se mostrou um instrumento de fácil aplicação e com boa equivalência semântica. Além disto, a URICA - adaptação brasileira para jogo patológico mostrou ser útil e confiável para avaliação da motivação para mudança, considerando os estágios motivacionais e a prontidão para mudar entre os jogadores patológicos.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4920
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000417211-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,38 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.