Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4954
Tipo: doctoralThesis
Título: Programa de intervenção psicológica sob a abordagem cognitivo-comportamental para pessoas que vivem com HIV/AIDS
Autor(es): Giovelli, Grazielly Rita Marques
Orientador: Gauer, Gabriel José Chittó
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Fecha de Publicación: 2012
Palabras clave: PSICOLOGIA
AIDS - TRATAMENTO
INTERVENÇÃO (PSICOLOGIA)
QUALIDADE DE VIDA
Resumen: Esta tese de doutorado objetivou avaliar o programa de intervenção psicológica sob abordagem da Terapia Cognitivo-comportamental para a adesão ao tratamento e qualidade de vida em pessoas que vivem HIV/Aids. Para tanto, apresenta-se em três seções, sendo uma teórica, e duas com resultados empíricos. A seção I, a qual trata-se de um revisão teórica, discute as contribuições das intervenções psicossociais na vida das pessoas que vivem com HIV/Aids sob perspectiva de Saúde Pública. A seção II relata o estudo empírico que teve como objetivo geral conhecer e analisar os pensamentos, os sentimentos e os comportamentos em relação ao tratamento de saúde pessoas que vivem com HIV/Aids. Dentre os objetivos específicos estão: avaliar as características sociodemográficas e a situação clínica, bem como investigar a relação de mudança entre o pensamento disfuncional e o pensamento alternativo em relação ao tratamento de saúde desta população. Estudo de caráter qualitativo, teve uma amostra de 11 participantes soropositivos para o HIV. Os instrumentos utilizados para esta parte da análise foram: Técnicas de Registro de Pensamentos Disfuncionais (RPD) em relação à adesão ao tratamento e Registro de Pensamentos Alternativos para adesão ao tratamento. Foi possível concluir que a Técnica proposta para identificar e trabalhar os pensamentos automáticos com os participantes em questão cumpriu com eficácia seu objetivo, pois todos os participantes conseguiram criar pensamentos alternativos para enfrentarem sua condição sorológica, bem como seu tratamento e os aspectos psicossociais envolvidos neste cenário.Ou seja, à medida que o individuo a partir de uma situação possa identificar seus pensamentos automáticos (os quais podem estar disfuncionais), os sentimentos e comportamentos oriundos destes pensamentos e consegue inserir o pensamento alternativo tem a possibilidade de lidar com mais facilidade com as situações. A seção III relata o estudo empírico que avaliou a contribuição de um Programa de Intervenção Psicológica sob abordagem da Terapia Cognitivo - comportamental para a adesão ao tratamento e qualidade de vida em pessoas que com vivem HIV/Aids. O presente estudo utilizou uma abordagem qualitativa e caracteriza-se como descritivo exploratório com a utilização da técnica de entrevista semi-estruturada. Os sujeitos do estudo foram 11 participantes soropositivos para o HIV, com idade entre 18 e 60 anos, em tratamento antirretroviral. Como Programa de Intervenção Psicológica e Medidas de Avaliação foram utilizados: Intervenção Psicológica sob abordagem da Terapia Cognitivo-comportamental para pessoas que vivem com HIV/Aids; Entrevista de Avaliação da Intervenção Psicológica sob abordagem da Terapia Cognitivo-comportamental para pessoas que vivem com HIV/Aids. Os resultados mostraram que o Programa teve uma contribuição importante, tanto para a identificação como para mudanças dos pensamentos, sentimentos e comportamentos em relação à adesão ao tratamento, bem como o suporte social e qualidade de vida das pessoas atendidas.
This doctoral thesis aimed at evaluate the psychological intervention program to adherence to treatment and quality of life of people living with HIV/Aids using the Cognitive-behavioral therapy approach. Thus, there are three sections: one is theoretical and the other two sections are about empiric results. Section I, which is a theoretical review, discuss the psychosocial interventions contributions in life of people living with HIV/Aids under the Public Health perspective. Section II reports the empiric studies that aimed at understanding and analyzing thoughts, feelings and behaviors related to the health treatment of people living with HIV/Aids. Amongst specific aims are: evaluate sociodemographic characteristics and clinical situations, and also investigate the changing relation between dysfunctional thinking and alternative thinking related to the health treatment of this population. A qualitative study that had a sample of 11 HIV seropositive participants. The instruments used for this part of analyze were: techniques of Dysfunctional Thoughts Recording (RPD) related to the adherence to treatment and Alternative Thoughts Recording to the adherence to treatment. One was able to infer that the Technique proposed to identify and manipulate automatic thoughts with the participants has fulfill its purpose because all participants were able to create alternative thoughts to face his/her serologic condition, as well as the treatment and the psychosocial aspects in this scenario.As the individual in a certain situation is able to identify his/her automatic thoughts (which may be dysfunctional), he may be able to insert alternative thoughts in order to deal better with situations, feelings and behaviors arising from those thoughts. Section III reports the empiric study that evaluated the contribution of a Psychological Intervention Program to adherence to treatment and quality of life of people living with HIV/Aids using the Cognitive-behavioral therapy approach. This study used a qualitative approach and it is characterized as descriptiveexploratory and it uses semi-structured interview technique. There were 11 subjects of study, HIV sorepositives, with ages between 18 and 60 years old, in antiretroviral therapy. As Psychological Intervention Program and Evaluation Measures it was used: psychological intervention under the Cognitive-behavioral therapy approach for people living with HIV/Aids; evaluation interview of psychological intervention under the Cognitive-behavioral therapy approach for people living with HIV/Aids. Results showed the Program made and important contribution to identify and change thoughts, feelings and behaviors related to the adherence to treatment, as well as social support and quality of life of people heeded.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4954
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000444759-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial473,82 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.