Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4992
Type: masterThesis
Title: Aprendizagem nas organizações: a relação entre líder gestor e colaboradores estratégicos
Author(s): Moreira, Ângelo Accorsi
Advisor: Seminotti, Nedio Antônio
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Issue Date: 2011
Keywords: ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS
APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL
COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM
COMPLEXIDADE
LIDERANÇA
Abstract: Temos por objetivo investigar elementos da aprendizagem no processo formativo que ocorre na relação entre líder gestor e colaboradores estratégicos em organizações. Por meio da teoria da complexidade como paradigma de entendimento, pretendemos discutir a aprendizagem nas organizações a partir dos referenciais de Edgar Morin e Lev Vigotski. A relevância desta investigação está em correlacionar esses dois autores em estudos organizacionais e principalmente compreender como ocorrem as relações de aprendizagens nos grupos de líderes gestores e colaboradores estratégicos. Na seção I, desenvolvemos no estudo teórico as compreensões acerca das organizações, da liderança e dos grupos a partir do paradigma da complexidade. Também discutimos a teoria da aprendizagem sócio-interacionista e a aprendizagem a partir de E. Morin. Na seção II, desenvolvemos a pesquisa empírica realizada com nove pessoas, sendo elas três líderes gestores e seis colaboradores estratégicos. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas e grupos focais que compuseram três grupos, conforme a empresa de pertencimento. A análise de dados foi realizada por meio dos operadores da complexidade de E. Morin, bem como da compreensão de aprendizagem de L. Vigotski. Emergiram das informações dois organizadores temáticos: 1) Relação de aprendizagem no grupo (Líder-gestor/colaborador estratégico e colaborador estratégico/líder-gestor) e Cultura da Organização; 2) Desenvolvimento profissional no Contexto da Organização. Podemos inferir, por meio destes, que nas organizações pesquisadas, embora algumas vezes não existam programas formalizados de desenvolvimento de suas lideranças, as práticas nelas empreendidas efetivamente cumprem esta função.As estratégias de aprendizagem nas organizações pesquisadas assinalam a presença de uma cultura aprendiz, sendo que nestes ambientes organizacionais as aprendizagens são decorrentes das relações, mediadas pelas condições de trabalho e da complexidade entre os líderes gestores e os colaboradores líderes. Nessas relações de aprendizagem, em nível estratégico nas organizações, foram encontrados a presença dos operadores da complexidade de Morin, bem como a aprendizagem inter e intrassubjetiva de Vigotski. Apesar de não esgotarmos os questionamentos, consideramos a pertinência das discussões desses dois autores para os estudos das aprendizagens nas organizações.
We have as goal to investigate learning elements on the formative process that occurs on the relation between an administrative leader and the strategic members of staff in organizations of business. Having the complexity theory as paradigm of understanding, we intend to discuss the learning on business organizations from the reference of Edgar Morin and Lev Vygostsky. The relevance of this investigation is on correlate these two authors in organizational studies and mainly to understand how occurs the relation of learning on the groups of administrative leaders and strategic members of staff. On section I, we develop in theoretical study the comprehension regarding organizations of business, the leadership and the groups, looking to them from the point of view of the paradigm of complexity. Also, we discuss the theory of the learning socio-interactional and the learning proposed by E. Morin. On section II, we develop an empirical research realized with nine people, being those three administrative leaders and six strategic members of staff. For the collection of data, were performed semi-structured interviews and focal groups which composed three groups, in relation with the company they belonged to. The analysis of data was realized by means of operators of complexity from E. Morin, as well as those from comprehension of learning from L. Vigotski. Two thematically operators have emerged from the information: 1) Relation of learning on the group (Administrative leader/strategic member of staff and strategic member of staff/administrative leader) and Organizational Culture; 2) Professional Development on the Context of Organization. We can notice, through these, that in the researched companies, although sometimes they don´t have formalized programs of development of their leaderships, their practical effectively fulfill this function.The learning strategies on the organizations researched designate the presence of a learning culture, on these organizational environments learning is a consequence of the relation, mediated by the work conditions and by the complexity of the administrative leaders and the leader’s employees. On these relations of learning, in strategic level on the organizations, was found the presence of operators of the complexity of Morin, as well as learning inter e intrasubjectve of Vigotski. Although we do not reach the end of this discussion, we consider the pertinence of the argument of these two authors for the studies on the learning that happen on the organizations.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4992
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000430147-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo512,9 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.