Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4996
Tipo: masterThesis
Título: Práticas educativas parentais e dependência química na adolescência
Autor(es): Broecker, Carla Zart
Orientador: Jou, Graciela Inchausti de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2007
Palavras-chave: PSICOLOGIA SOCIAL
ADOLESCENTES - USO DE DROGAS
RELAÇÕES PARENTAIS
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
RELAÇÕES FAMILIARES
Resumo: O estudo apresenta uma revisão teórica da literatura sobre práticas educativas parentais e dependência química na adolescência. Sabe-se que o uso de drogas vem acontecendo de forma cada vez mais precoce e com drogas mais nocivas. Entende-se, também, que as estruturas familiares têm passado por diversas mudanças nos últimos anos, fazendo com que os pais fiquem desorientados em relação às suas atitudes para com seus filhos. Desta forma, nesta pesquisa, é retratada a importância da análise das práticas parentais como fatores que podem atuar como predispositoras ou protetoras da dependência química na adolescência.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4996
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000389119-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,65 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.