Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5126
Tipo: masterThesis
Título: O trabalho do assistente social na política pública de educação básica na região metropolitana de Porto Alegre
Autor(es): Silveira, Silvia Regina
Orientador: Grossi, Patricia Krieger
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2013
Palavras-chave: SERVIÇO SOCIAL
ASSISTENTES SOCIAIS - ATUAÇÃO PROFISSIONAL
POLÍTICAS PÚBLICAS
EDUCAÇÃO BÁSICA
Resumo: This study, guided by the critical-dialectical method, refers to the work of the social worker in Public Policy for Basic Education in the metropolitan area of Porto Alegre, with the problem the following question: How has constituted the work of the social worker in Politics Public Basic Education in the metropolitan region of Porto Alegre. Therefore, the questions that guided the study were: what are the demands met by a social worker? What are the means used to carry out the occupation? What are the products of the work of social policy in this sector? The overall objective was to analyze the work of social workers inserted in Public Policy for Basic Education in the metropolitan region of Porto Alegre in order to contribute to building knowledge in the area of Social Work. Has the following objectives: identify the insertion occurs as social workers in Public Policy for Basic Education, professional activity and the demands met by them and possible coordination with other sectoral policies; know the subject of professional action and strategies for action Social Services in ensuring the right to education; investigate the concept of education used by professional Social Work inserted in Public Policy Basic Education and how their professional activity contributes to the effectiveness of mobilization, participation and protagonism of the subjects. For realization of this study was to survey the presence of the social worker in Public Policy for Basic Education in the metropolitan area of Porto Alegre, where, of the 32 municipalities belonging to the site above, we identified the presence of 16 professionals in the year 2012, distributed in 07 municipalities. To collect data, we used qualitative research through semi-structured interview, with the approval of the project by the Ethics PUCRS. The research sample was given to 12 professionals. In the treatment of the data analysis was based content Bardin (2006). The main results identified that social workers are included in the Municipal Departments of Education, one of which operates on a Specialized Educational Services Department, said secretary bound. The work of the social worker is carried out based on the axes of access and retention of students in school, being developed 4 shares that constitute instances in management and policy implementation: socioeconomic evaluation, coordination of care networks of other social policies, planning and implementing continuing education meetings to the school community and technical advice to schools. It was concluded that in addition to the activities undertaken to secure access and retention of students in school, social workers are challenged to potentiate the actions related to social emancipatory processes, contributing to the realization of education as a social right with compromised the interests the working class.
O presente estudo, orientado pelo método dialético-crítico, refere-se ao trabalho do assistente social na Política Pública de Educação Básica na região metropolitana de Porto Alegre, tendo como problema a seguinte questão: como vem se constituindo o trabalho do assistente social na Política Pública de Educação Básica na região metropolitana de Porto Alegre. Para tanto, as questões que nortearam o trabalho foram: quais as demandas atendidas pelo assistente social? Quais os meios utilizados para a realização da atividade profissional? Quais os produtos do trabalho do assistente social nesta política setorial? O objetivo geral foi analisar o trabalho dos assistentes sociais inseridos na política pública em questão na região metropolitana de Porto Alegre a fim de contribuir para a construção de conhecimento do Serviço Social na área. Tem como objetivos específicos: identificar como ocorre a inserção dos assistentes sociais na referida política, a atividade profissional e as demandas atendidas pelos mesmos e a possível articulação com as demais políticas setoriais; conhecer os sujeitos da ação profissional e as estratégias de ação do Serviço Social na garantia do direito à educação; investigar a concepção de educação utilizada pelo profissional do Serviço Social inserido na Política Pública de Educação Básica e de que forma sua atividade profissional contribui para a efetivação da mobilização, participação e protagonismo dos sujeitos. Para realização do referido estudo foi realizado levantamento sobre a presença do assistente social na política pública supracitada na região metropolitana de Porto Alegre, sendo que, dos 32 municípios pertencentes ao local referido, identificou-se a presença de 16 profissionais no ano de 2012, distribuídos em 07 municípios. Para a coleta de dados, foi utilizada a pesquisa qualitativa, através de entrevista semi-estruturada, mediante a aprovação do projeto pelo Comitê de Ética da PUCRS. A amostra da pesquisa deu-se com 12 profissionais. No tratamento dos dados foi realizada a análise de conteúdo baseada em Bardin (2006). Como principais resultados identificou-se que as assistentes sociais estão inseridas nas Secretarias Municipais de Educação, sendo que uma delas atua em um Departamento de Atendimento Educacional Especializado, vinculado a referida secretaria. O trabalho do assistente social é realizado com base nos eixos de acesso e permanência dos alunos na escola, sendo desenvolvidas 4 ações que se constituem nas instâncias de gestão e execução da política: avaliação socioeconômica, articulação das redes de atendimento das demais políticas sociais, planejamento e execução de encontros de formação continuada à comunidade escolar e assessoria técnica às escolas. Concluiu-se que para além das atividades realizadas para a viabilização do acesso e permanência dos alunos na escola, as assistentes sociais são desafiadas a potencializar as ações referentes aos processos sociais emancipatórios, contribuindo para a efetivação da educação, enquanto direito social comprometida com os interesses da classe trabalhadora.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5126
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000445411-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,41 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.