Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5180
Tipo: doctoralThesis
Título: De tudo fica um pouco: a construção social da identidade do transexual
Autor(es): Silveira, Esalba Maria Carvalho
Orientador: Mendes, Jussara Maria Rosa
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2006
Palavras-chave: SERVIÇO SOCIAL
TRANSEXUALISMO
SOCIOLOGIA
IDENTIDADE SOCIAL
Resumo: O tema da transexualidade serviu de mote para a realização desta tese, que buscou estudar como se constitui o processo de construção social da identidade do transexual, considerando a contradição que se estabelece entre o sexo anatômico, a construção social do gênero e o padrão de identidade heteronormativa que predomina na sociedade. Para tanto, empreendeuse a revisão teórica sobre identidade e transexualismo, bem como sobre os assuntos relacionados a esses temas. Dessa forma, tendo como referência o materialismo histórico, foi realizada uma pesquisa do tipo qualitativa junto a um grupo de 122 candidatos à cirurgia de redesignação sexual, sendo 97 do tipo Masculino-Feminino e 15 do tipo Feminino-Masculino, além de 109 familiares seus. Todos os participantes estão vinculados ao Programa de Transtorno de Identidade de Gênero de um hospital universitário da cidade de Porto Alegre, sendo a pesquisa efetivada de junho de 1998 a junho de 2005. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas semiestruturadas, observação participante e grupo focal. A escolha para o exame dos dados da pesquisa foi a análise de conteúdo, e dentro desta proposta foi eleita a técnica de análise temática. Os dados confirmam que a identidade é o resultado de uma construção social que se mantém dialeticamente em transformação, constituindo-se através do corpo, gênero, família, nome próprio, preconceito e trabalho, difratados pelas lentes da realidade social que é composta pela consciência, contradição, totalidade, mediação, cotidiano, história e alienação e, neste movimento, pode produzir diferentes tipos de identidade, entre os quais a identidade invisível, a identidade por procuração e a identidade com autonomia.
The topic transsexuality led to the writing of this thesis, which sought to study how the social construction process of a transsexual identity is constituted, considering the contradiction among anatomic sex, social construction of gender and the heteronormative identity pattern prevailing in society. For this, a theoretical review on identity and transsexuality, as well as other subjects related to these topics, was undertaken. Thus, using Historical Materialism as a basis, a qualitative research was carried out with a group of 122 candidates for sex reassignment surgery, 97 being of the male to female type and 15 of the female to male type, in addition to 109 relatives. All participants are associated with the Gender Identity Disorder Program of a university hospital in the city of Porto Alegre, the research was carried out from June 1998 to June 2005. The instruments used for data collection were semi-structured interviews, participant observation and focus group. The choice for data examination was the analysis of content, and within this the thematic analysis technique was picked. The data confirm that identity is a result from a social construction that keeps on changing dialetically, constituting itself through body, gender, family, proper name, prejudice, and work, diffracted by the lenses of social reality, which is made up of conscience, contradiction, totality, mediation, daily life, history, and alienation, and, in this movement, it can produce different kinds of identity, among which are the invisible identity, the proxy identity and the autonomous identity.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5180
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000379780-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,17 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.