Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/5196
Tipo: masterThesis
Título: Das lágrimas à esperança: o processo de fortalecimento das mulheres em situação de violência doméstica
Autor(es): Tavares, Fabricio André
Orientador: Grossi, Patricia Krieger
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Fecha de Publicación: 2008
Palabras clave: SERVIÇO SOCIAL
ASSISTÊNCIA SOCIAL
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
VIOLÊNCIA - MULHERES
ASSISTENTES SOCIAIS - ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Resumen: A violência contra a mulher constitui-se como uma das formas mais comuns de manifestação da violência e, no entanto, uma das mais invisíveis, sendo então uma das violações dos direitos humanos mais praticada e menos reconhecida em todo o mundo. Violência esta definida, segundo a Lei Maria da Penha (Lei 11. 340), como “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial. ” O presente trabalho teve como objetivo principal analisar o processo de trabalho realizado pelos Assistentes Sociais junto das mulheres em situação de violência doméstica, com vista a contribuir para a formulação de uma proposta de atuação que tenha como eixo norteador a busca pelo enfrentamento destas situações, desvinculando-as do ciclo de violência que se encontram. Procurou-se ainda, analisar os principais fatores que envolvem a situação de submissão das mulheres em situação de violência doméstica, assim como os motivos que as levam a permanecerem inseridas no Ciclo de violência; e verificar os limites e possibilidades da rede de Serviços de Atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e a influência no processo de trabalho do Assistente Social. Tiveram-se como sujeitos da pesquisa, Assistentes Sociais vinculados às prefeituras dos Municípios de Novo Hamburgo e São Leopoldo, assim como as mulheres em situação de violência doméstica atendidas por estes. Para a análise dos dados coletados, fez-se uso do método dialético crítico, embasado nas categorias propostas por Marx, que seriam: totalidade, contradição, historicidade, cotidiano e mediação. Conclui-se que o processo de trabalho do assistente social contribui para o fortalecimento das resistências das mulheres em situação de violência doméstica frente as diferentes agressões sofridas.A articulação das redes primárias e secundárias contribuem para o empoderamento destas, conforme o relato dos profissionais o que embasa a questão teórico-metodológica da atuação do assistente social.
Violence against women is one of the most common expressions of violence, and yet one of the most invisible ones. It is the most practiced and less recognized violation of human rights in the world. This violence is defined in the Maria da Penha Law (Law 11. 340) as “any action or omission based on gender that can cause death, injuries, physical, sexual or emotional suffering, and moral or material harm. The present work has the main objective to analyze the work processes carried out by social workers along with women in domestic violence situation with the aim to contribute for the elaboration of an intervention proposal for coping with these situations, breaking up the cycle of violence that they are within. We tried to analyze the main factors that involved the submission of women in domestic violence situations as well as the reasons that keep them inside the cycle of violence as well as to verify the limits and possibilities of the network of services for these women, and its influence on the work processes of the social worker. The research subjects were social workers from Municipal County (Novo Hamburgo and São Leopoldo) as well as women in domestic violence situations who attend those services. For the data analysis, it was used the critical dialectic method based on the categories proposed by Marx such as totality, contradiction, historicity, daily life and mediation. It was concluded that the work processes contribute for the strengthenment of the resistance of women in domestic violence situations against the violence suffered by them. The articulation of the primary and secondary network contributes for their empowerment according to the professional’s narratives, and it provides a theoretical and methodological basis for the intervention of the social worker.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5196
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000401133-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,21 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.