Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5298
Tipo: doctoralThesis
Título: História natural de uma taxocenose de squamata e redescrição de uma espécie de anuro no Escudo Sul-Riograndense, Brasil
Autor(es): Balestrin, Rafael Lucchesi
Orientador: Fontoura, Nelson Ferreira
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: ZOOLOGIA
HISTÓRIA NATURAL
TAXIONOMIA
SERPENTES
RÉPTEIS
LAGARTOS
ANFÍBIOS
ANUROS
FAUNA - RIO GRANDE DO SUL
Resumo: This work was carried out at a highland area of the Sul-Riograndense Shield, located within São Jerônimo and Barão do Triunfo Municipalities, and aimed to describe composition, seasonal activity cycle, reproductive and feeding patterns of a squamate assemblage. Sampling happened from April 2004 to April 2006, and the squamate specimens were visual search in the study area (VS) or collected by resident collaborators (RC). Total sample, including both methods, comprised three species of Amphisbaenidae, six species of lizards (Anguidae (1), Gymnophtalmidae (1), Scincidae (1) and Teiidae (3)) and 24 species of snakes (Colubridae (20), Elapidae (1), Lepthotyphlopidae (1) and Viperidae (2)), which correspond to 33. 7% of the squamate fauna of Rio Grande do Sul. The two most frequent species of Amphisbaenidae, Amphisbaena munoai and Anops kingii, had unimodal pattern of seasonal distribution, sexual dimorphism of snout-vent length (SVL) (females > males, t test p < 0. 001) and seasonal reproductive cycle in spring and summer. Both species consumed several prey categories, but termites (Isoptera) seem to be a base element of their diet. Reproductive data were analyzed for the two most frequent lizard species, Cnemidophorus lacertoides and Cercosaura schreibersii, which presented typically seasonal reproduction, recorded in spring and summer. In both species mature females had significantly larger SVL than males (t Test; p < 0. 001). On the other hand, mature males of both species had larger (Ancova; p < 0. 001) head length and width than females. Total sample of snakes comprised 325 specimens, the most frequent being: Bothrops pubescens (27. 69%), Philodryas patagoniensis (12. 31%), Philodryas olfersii (12%) and Tantilla melanocephala (8. 62%), which together corresponded to 60. 62% of the total sample. Taking into consideration only the snakes caught by PV, there was significant correlation between the relative frequency of active/month snakes and temperature (Anova, p < 0. 001) and, inversely, significant correlation was observed between relative frequency of sheltered/month snakes and temperature (Anova, p < 0. 001). Data on the diet of 17 species were gathered and anuran amphibians (including tadpoles) was the most used food item. The reproductive period was remarkably seasonal, recorded in spring and summer. It is also presented herein the first record of ophiophagy for Echinanthera occipitalis (=Taeniophallus occipitalis), which swallowed a specimen of Tantilla melanocephala. A species of anuran amphibian, Melanophryniscus pachyrhynus, was rediscovered. It was so far known only by two syntypes collected in southern Brazil about 100 years ago. The description of the species was redone and the geographical distribution was increase.
O presente estudo foi desenvolvido em uma área elevada do Escudo Sul-Riograndense localizada entre os Municípios de São Jerônimo e Barão do Triunfo e teve como objetivo descrever a composição, ciclos de atividade sazonal, padrões alimentares e reprodutivos de uma taxocenose de escamados. O período de amostragem ocorreu de abril de 2004 a abril de 2006, onde os escamados foram procurados ativamente na área (PV) e recolhidos por colaboradores residentes (CR). Considerando os dois métodos aplicados, foram amostradas três espécies de Amphisbaenidae, seis espécies de lagartos (Anguidae (1), Gymnophtalmidae (1), Scincidae (1) e Teiidae (3)) e 24 espécies de serpentes (Colubridae (20), Elapidae (1), Lepthotyphlopidae (1) e Viperidae (2)), totalizando 33,7 % da fauna de escamados do Rio Grande do Sul. Para as duas espécies mais freqüentes de Amphisbaenidae, Amphisbaena munoai e Anops kingii foi observado um padrão unimodal de distribuição sazonal, dimorfismo sexual no comprimento rostro cloacal (CRC) (fêmeas > machos, Teste-t p < 0,001) e um ciclo reprodutivo sazonal ocorrendo na primavera e verão. Ambas as espécies apresentaram diversas categorias alimentares na composição de suas dietas, entretanto térmites (Isoptera) parecem compor um elemento base. Dados reprodutivos foram analisados para as duas espécies mais freqüentes de lagartos, Cnemidophorus lacertoides e Cercosaura schreibersii, que apresentaram reprodução tipicamente sazonal ocorrendo na primavera e verão. Em ambas as espécies, fêmeas maduras apresentaram CRC significativamente maiores que machos (Teste t; p < 0,001). Por outro lado, machos maduros de ambas as espécies apresentaram comprimento e largura da cabeça (Ancova; p < 0,001) maiores do que fêmeas. Foram capturadas 325 serpentes, sendo as mais freqüentes: Bothrops pubescens (27,69%), Philodryas patagoniensis (12,31%), Philodryas olfersii (12%) e Tantilla melanocephala (8,62%), que juntas corresponderam a 60,62% do total da amostra. Utilizando-se apenas as serpentes capturadas por PV, pode-se observar correlação significativa entre a freqüência relativa de serpentes ativas/mês e a temperatura (Anova, p < 0,001) e, de caráter inverso, foi observada correlação significativa (Anova, p < 0,001) entre a freqüência relativa de serpentes capturadas abrigadas/mês e a temperatura. Foram obtidas informações sobre a dieta de 17 espécies e anfíbios anuros (incluindo girinos) foi o item alimentar mais utilizado. O período reprodutivo foi marcadamente sazonal ocorrendo na primavera e verão. Analisando a dieta das espécies de serpentes foi observado o primeiro registro de ofiofagia para Echinanthera occipitalis (= Taeniophallus occipitalis), que ingeriu um exemplar de Tantilla melanocephala. Por ocasião dos trabalhos de campo foi redescoberta a espécies de anfíbio anuro Melanophryniscus pachyrhynus conhecida até então por apenas dois síntipos coletados no sul do Brasil a cerca de 100 anos atrás. A espécie foi redescrita e teve sua distribuição geográfica ampliada.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5298
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000419311-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,33 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.