Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5372
Tipo: masterThesis
Título: Revisão taxonômica das espécies de Hisonotus Eigenmann & Eigenmann (Siluriformes: Loricariidae) da bacia do rio Uruguai e o sistema da laguna dos Patos
Autor(es): Carvalho, Tiago Pinto
Orientador: Reis, Roberto Esser dos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: ICTIOLOGIA
ZOOLOGIA
PEIXES - RIO GRANDE DO SUL
Resumo: The genus Hisonotus presents about 25 valid species, and is a group of hypoptopomatines widely distributed in the southeastern basins of South America. Among these basins, presenting a high number of species are the rio Paraná basin with seven species the rio Uruguai with eight species and the laguna dos Patos system with 12 species. The main scope of this study is review the taxonomic composition of the genus in the laguna dos Patos system and in the rio Uruguai basin. The rio Uruguai basin presents the following species of Hisonotus: H. nigricauda, H. ringueleti, H. aky, H. charrua, and the new species herein described, H. sp. “Chapecó”, H. sp. “Passo Fundo”, H. sp. “Ariranhas”, and H. sp. “Canoas”. In this review H. candombe is synonym of H. ringueleti and Epactionotus aky is transferred to the genus Hisonotus. The laguna dos Patos system presents the following species: H. nigricauda, H. laevior, H. taimensis, H. armatus, H. charrua, H. aff. leucofrenatus, and the new species, H. sp. “Camaquã”, H. sp. “Sinos”, H. sp. “Felício”, H. sp. “Prata”, H. sp. “Carreiro” and H. sp. “Passo Novo”. Hisonotus laevior and H. nigricauda are redescribed, and H. leptochilus is synonym of the first. Among the 18 species present in the studied region, just one (H. aff. leucofrenatus) is found in other basins, and two (H. nigricauda e H. charrua) are shared between both drainages studied here, suggesting a high degree of endemism of these areas.
O gênero Hisonotus compreende aproximadamente 25 espécies validas, sendo um grupo de hipoptopomatíneos amplamente distribuídos nas bacias hidrográficas do sudeste da América do Sul. Entre elas destacam-se com um grande numero de espécies as bacias dos rios Paraná com sete espécies; Uruguai com oito espécies; e o sistema da laguna dos Patos com 12 espécies. No presente estudo o objetivo principal foi revisar a composição taxonômica do gênero na bacia do rio Uruguai e no sistema da laguna dos Patos. A bacia do rio Uruguai conta com as espécies de Hisonotus: H. nigricauda, H. ringueleti, H. aky, H. charrua, e as novas espécies aqui descritas, H. sp."Chapecó", H. sp."Passo Fundo", H. sp."Ariranhas" e H. sp."Canoas". Nesta revisão H. candombe é considerado sinônimo de H. ringueleti e Epactionotus aky é transferida para o gênero Hisonotus. O sistema da laguna dos Patos apresenta as seguintes espécies: H. nigricauda, H. laevior, H. taimensis, H. armatus, H. charrua, H. aff. leucofrenatus e as novas espécies H. sp."Camaquã", H. sp."Sinos", H. sp."Felício", H. sp."Prata", H. sp."Carreiro" e H. sp."Passo Novo". Hisonotus laevior e H. nigricauda são redescritas sendo H. leptochilus sinônimo da primeira. Entre as 18 espécies presentes na região estudada apenas uma (H. aff. leucofrenatus) é encontrada em outras bacias hidrográficas e duas (H. nigricauda e H. charrua) são compartilhadas entre os dois sistemas o que indicada um alto grau de endemismo destas drenagens.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5372
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000399522-Texto+Completo-0.o.pdfTexto Completo8,85 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.