Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/539
Tipo: masterThesis
Título: Estudo estrutural e ultraestrutural da interface osso-implante em ovelhas
Autor(es): Azambuja, Fabiano Goulart
Orientador: Oliveira, Rogerio Belle de
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Fecha de Publicación: 2009
Palabras clave: ODONTOLOGIA
CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL
IMPLANTODONTIA
IMPLANTES DENTÁRIOS OSSEOINTEGRADOS
OSSEOINTEGRAÇÃO (ODONTOLOGIA)
Resumen: Studies have showed that roughness surfaces in titanium implants can modulate bones responses. The objective of present study is evaluate the bone implant contact between two types of dentistry implants with differents treatments of surface, Titamax EX Cone Morse® sandblasted/acid-etched and a Titamax EX Cone Morse® with a new proposal surface called nanosurface, in a sheep model, during 30 and 60 days. Two female sheeps received 10 implants each (n=20), five sandblasted/acid etched implants and five with the new surface implant. Implants were inserted in tibia an ulna. After the euthanization, in 30 and 60 days, the specimens were processed and a scanning electron microscopy was used to evaluate the bone contact implant of these two types of dentistry implants in a different time. The software Image J Plus® was used to determine the bone contact implants and SPSS® for statistical analyses. The histomorphology showed bone formation between implants crests in both groups, in 30 days. However, there was a lose in bone contact implant in the nanosurface group, in 60 days. The sandblasted/etched group mantained its measures. These differences were statistically significant. More studies are necessary to improve this new kind of surface a long time to become accceptable to clinical use and bennefit the patients
O objetivo desta pesquisa foi avaliar a ultraestrutura da superfície do implante através da microscopia eletrônica de varredura e a resposta histológica da interface osso-implante através da histomorfometria da osseointegração de duas superfícies de implantes (Titamax EX Cone Morse® jateado + ataque ácido e Titamax EX Cone Morse® desenvolvida com uma nova proposta de tratamento de superfície, ainda não comercializada, intitulada nanosuperfície) em modelo animal, avaliados após um período de 30 e 60 dias. Foram utilizadas duas ovelhas adultas da espécie Ovis aries. As ovelhas foram divididas em dois grupos: uma ovelha pertencente ao grupo 1, com morte prevista após 30 dias da instalação dos implantes e uma ovelha pertencente ao grupo 2, com morte após 60 dias. Cada animal forneceu 10 amostras, sendo 05 amostras compostas por implantes dentários com superfície tratada com jato + ataque ácido e 05 amostras compostas por implantes dentários com superfície tratada com nanopartículas. As amostras foram processadas e avaliadas em microscópio eletrônico de varredura em diferentes magnitudes para avaliar os resultados do contato entre o osso e a superfície dos implantes nos períodos propostos. O programa Image J Plus® foi usado para a avaliação desse contato e o SPSS® para a análise estatística. A histomorfometria mostrou a formação óssea sobre a superfície dos implantes em ambas as amostras no grupo 1, ou seja, no período de 30 dias. Entretanto, apesar da formação óssea também ocorrer sobre a superfície dos implantes em ambas as amostras do grupo 2, ou seja, no período de 60 dias, observou-se uma perda do contato osso-implante na amostra de nanosuperficie ao longo do período da pesquisa. Para se tornar mais aceitável o uso clínico em benefício aos pacientes dos implantes Titamax EX Cone Morse® nanosuperficie, outros estudos se fazem necessários para sugerir melhorias no tratamento de superfície dos implantes e para avaliação por períodos maiores de tempo.
URI: http://hdl.handle.net/10923/539
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000422969-0.pdfTexto Completo4,86 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.