Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/549
Tipo: masterThesis
Título: Dimensão volumétrica na região alveolar da fissura labiopalatina obtida pela análise da imagem tomográfica computadorizada com o software Image J
Autor(es): Picolli, Patricia
Orientador: Brücker, Marcia Rejane
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
FISSURA LABIOPALATAL
ORTOPEDIA FACIAL
Data de Publicação: 2008
Resumo: A Tomografia Computadorizada (TC) tem ocupado lugar de destaque em trabalhos científicos que demonstram sua utilização clínica, qualidade superior de imagem e precisão em medidas relativas aos ossos da face. No entanto, a utilidade da TC na avaliação de anomalias craniofaciais não depende apenas da precisão do método, mas também da sua reprodutibilidade entre diferentes observadores. A presente pesquisa analisa a capacidade de um software biomédico de domínio público em delimitar o defeito ósseo alveolar inerente à fissura labiopalatina e mensurá-lo volumetricamente. A amostra foi constituída de imagens tomográficas computadorizadas de vinte e um pacientes portadores de fissura labiopalatina transforame incisivo, sendo treze do gênero masculino e oito do gênero feminino, com média de idade de dez anos e cinco meses. Os arquivos DICOM foram acessados a partir de CD-R através do software IMAGE J 1. 38, instalado em computador pessoal. Após a devida importação da seqüência de imagens tomográficas, visualização e estudo de todos os cortes, foram selecionados aqueles correspondentes à região de interesse para cada paciente. Procederam-se os delineamentos e suas respectivas mensurações. Os resultados demonstraram um volume médio do defeito ósseo alveolar inerente à fissura de 0,77± 0,17 cm³. Na avaliação do método, a concordância intra e inter-observadores foi de 95,2% e 90,5%, respectivamente. A partir da metodologia empregada e dos resultados obtidos, concluiu-se que é possível por meio do software Image J 1. 38 a delimitação nas imagens tomográficas, de regiões de interesse de estruturas anatômicas faciais e o cálculo volumétrico da área delimitada.
Computed tomography (CT) scan has been evidenced, in scientific works, that show its clinical use, superior quality of image and accuracy in measurements of facial bones. However, its utility in the evaluation of craniofacial anomalies does not depend only on the accuracy of the method, but also on its reproducibility between different raters. This study evaluated the capacity of a public domain biomedical software in delimiting the inherent defect to the alveolar clefts and measure its initial volume. The sample consisted of CT scans of twenty one patients with complete clefts (lip, alveolus and palate), being thirteen boys and eight girls, with a mean age of ten years and five months. DICOM archives were accessed from CD-R by means of software IMAGE J 1. 38 downloaded in a personal computer. After the importation of images sequence, all those slices which corresponded to the region of interest for each patient were selected. The delineations and its respective measurements were done. The results demonstrated the mean cleft volume of the sample was 0. 77± 0. 17 cm³. In the evaluation of the method intrarater and interrater reliability, 95. 2% and 90. 5% of agreement, respectively, were achieved. It was verified that the delimitation of the alveolar clefts is possible in computed tomography images by means of software Image J 1. 38, as well as the volumetric calculation of the delimited area.
URI: http://hdl.handle.net/10923/549
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese (Odontologia)

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000412660-0.pdfTexto Completo7,01 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.