Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5562
Tipo: doctoralThesis
Título: Questão de método em Ludwig Feuerbach: da carta a Karl Riedel aos princípios da filosofia do futuro
Autor(es): Sousa, André Luís Bonfim
Orientador: Souza, Draiton Gonzaga de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Data de Publicação: 2013
Palavras-chave: FILOSOFIA
MÉTODO
HERMENÊUTICA
FEUERBACH, LUDWIG - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
Resumo: O título do presente trabalho indica os caminhos seguidos: pretende-se compreender o modo pelo qual Feuerbach fundamenta o seu método filosófico. A trajetória de tal fundamentação resulta, ao mesmo tempo, na compreensão e articulação de vários métodos, numa crítica radical à tradição filosófica, bem como numa autocrítica do próprio autor. Tais métodos são expostos a partir de uma análise imanente de quatro obras básicas: a carta A Karl Riedel, Abelardo e Heloísa ou O escritor e o Homem, Aforismos teológico-satíricos e A Essência do Cristianismo. A interpretação e crítica à tradição é exemplificada principalmente no segundo e terceiro capítulos. Diante do panorama da Filosofia especulativa e do Idealismo Alemão, Feuerbach afirma a necessidade de uma reforma na filosofia, para, dessa forma, torná-la assunto da humanidade. Abordado tal significado básico estamos em condições de avaliar a questão do método em Feuerbach, compreendendo-o como uma hermenêutica radical.
The title of this work indicates the followed ways: it is intended to comprehend the way whereby Feuerbach based his philosophical method. The trajectory of such grounding results, at the same time, in the comprehension and linkage of many methods, in a radical critique of the philosophical tradition, as well as, in a self-criticism of the author. These methods are released through an immanent analysis of four works: Letter to Karl Ridel, Abelard and Heloise or the Writer and the Human, A Series of Humorous Philosophical Aphorisms and The Essence of Christianity. The interpretation and criticism about the tradition is mainly exemplified in the second and third chapters. In front of the panorama between the Speculative Philosophy and German Idealism, Feuerbach states that there is a necessity to reform Philosophy, to thus, make itsubject of humanity. After dealing with such basic meaning, we are able to consider the question of method in Feuerbach, understanding it as a radical hermeneutics.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5562
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000452402-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo673,12 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.