Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/5859
Tipo: masterThesis
Título: A dimensão do espírito e a relação com a transcendência em Lima Vaz: uma resposta ao niilismo contemporâneo
Autor(es): Dal Pozzo, Edson Luiz
Orientador: Zilles, Urbano
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: FILOSOFIA
ANTROPOLOGIA FILOSÓFICA
NIILISMO
VAZ, HENRIQUE CLÁUDIO DE LIMA - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
Resumo: Our goal is to comprehend in a philosophical anthropological level the category of spirit and its relation with transcendence as well its situation in contemporary thought. We can do that because this is the category that offers to human being one perspective of passage to a transcendent value that allows him access to the truth meaning of human being. In order to do this philosophical anthropological study we take the reading and interpretation of texts from one Brazilian thinker, the priest Henrique Cláudio de Lima Vaz. We also organize this study in four parts. In the first part, we describe the personal history of this author who is considered a sober man in his searching of truth, goodness and justice. In the second part, we briefly present the categories of the own body and the psyche. In the sequence of this part we detail the category of spirit and life according spirit as the apex of discourse about human life itself. In the third part, in the same procedure, we briefly mention the category of objectivity and of intersubjectivity and we emphasized later the category of transcendence. The category of transcendence is the category constitutive of the human being in his relational structure. In the fourth part, we show that modern philosophy had an anthropocentric yaw, thus the self-overcoming of reason was enclosed within the immanent subject perspective because it has excluded the transcendent absolute since it was considered harmful to the subject dignity and liberty. That fact created a spiritual crisis as we have never seen before in Western civilization. At the end, we describe the memory of being and the mystic as the anthropological places of liberty as an answer to this nihilist civilization. Therefore our purpose was to develop an exercise of thinking into the direction of which seems to be the center of the experience of comprehension of the human being, and this is under the thoughts of Lima Vaz, not only into his categories of spirit and transcendence, but in all over his writings.
Nosso propósito é compreender, a nível antropológico filosófico, a categoria do espírito e sua relação com a transcendência, como também sua situação no pensamento contemporâneo, pois ela é considerada a categoria que oferece ao ser humano uma perspectiva de passagem para um valor transcendente que lhe permita ter acesso ao verdadeiro sentido da existência humana. Para realizar essa reflexão, tomamos a leitura e a interpretação dos textos de um pensador brasileiro, o Padre Henrique Cláudio de Lima Vaz, e organizamos o presente trabalho em quatro partes. Na primeira parte, descrevemos um pouco da história pessoal desse autor, considerado homem sóbrio à busca da verdade, do bem e da justiça. Na segunda, apresentamos brevemente as categorias do corpo próprio e do psiquismo, para depois detalharmos e aprofundarmos a categoria do espírito e a vida segundo o espírito como o ápice do discurso sobre a vida propriamente humana. Na terceira etapa, da mesma forma, comentamos brevemente as categoria de objetividade e intersubjetividade para depois mencionarmos a categoria de transcendência, sendo essa a categoria constitutiva do ser humano na sua estrutura relacional. Na quarta parte, mostramos que a filosofia moderna deu uma guinada antropocêntrica e assim a auto-superação da razão viu-se encerrada no âmbito do sujeito imanente, pois excluiu o absoluto transcendente por considerá-lo lesivo a sua dignidade e a sua liberdade, provocando uma crise espiritual sem precedentes na civilização ocidental. Por fim, descrevemos a memória do ser e a mística como lugares antropológicos da liberdade em resposta a esta civilização. Assim, nossa pretensão com esse estudo foi desenvolver um exercício de reflexão e de aprofundamento em direção ao que nos parece o centro da experiência de compreensão do ser humano, o que está subjacente aos ensinamentos de Lima Vaz, não só tematizado na categoria do espírito e na transcendência, mas em todos os seus escritos.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5859
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000457928-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,26 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.