Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/5893
Type: masterThesis
Title: Diversificação econômica: análise da estrutura setorial das microrregiões do sul do Brasil, 2002/2010
Author(s): Moreira, Élisson Telles
Advisor: Silva, Carlos Eduardo Lobo e
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento
Issue Date: 2014
Keywords: ECONOMIA
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
EMPREGOS - BRASIL
ECONOMIA REGIONAL - BRASIL
ANÁLISE ECONÔMICA
Abstract: O objetivo geral desta dissertação é analisar de forma exploratória a diversificação econômica e as causas da variação de emprego das microrregiões da região Sul do Brasil em dois períodos 2002 e 2010. O estudo utiliza informações de emprego formal, obtido na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), para um conjunto de dos 25 subsetores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), distribuídos nas 94 microrregiões sul-brasileiras. A investigação utiliza o índice de entropia e de Herfindahl para calcular a diversidade para cada uma das microrregiões sul-brasileiras, e avalia, em conjunto com uma decomposição do emprego por meio de técnica shift-share a relevância dos efeitos nacional, setorial e competitivo sobre o crescimento do emprego regional. Por fim, realiza-se uma avaliação por meio da taxonomia de Pavitt para verificar a relevância de setores altamente tecnológicos para as microrregiões. Os resultados indicam que o Efeito Setorial (ES) foi o fator preponderante para o crescimento do emprego regional. No geral, as microrregiões analisadas apresentaram resultados positivos no Efeito Setorial (ES), com destaque para as microrregiões do estado de Santa Catarina e do Paraná. O Efeito Nacional (EN) foi preponderante sobre a economia gaúcha.
The aim of this work is to examine in exploratory way the economic diversity of the microregions of southern Brazil in two periods: 2002 and 2010. The study uses information from formal employment, obtained in the Annual Report of Social Information (RAIS), for a set of 25 sub-sectors of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), distributed in 94 South Brazilian microregions. The research uses both the entropy and Herfindahl indexes to calculate diversity for each of the South Brazilian microregions. It evaluates together employment levels with shift-share technique the relevance of national, sectoral and competitive effects on regional economic growth, and utilizes Pavitt taxonomy for evaluates the most technological localities. The results indicate that the most diversified regions are those with large populations. Overall, the micro-regions analyzed showed positive results in Industry Mix, highlighting the microregions of Santa Catarina and Parana.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5893
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000458453-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,16 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.