Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/6756
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAstarita, Leandro Vieirapt_BR
dc.contributor.authorSoares, Natasha Ruschelpt_BR
dc.date.accessioned2014-08-13T02:01:14Z-
dc.date.available2014-08-13T02:01:14Z-
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/6756-
dc.description.abstractSolanum tuberosum is one of the most important crops worldwide being the fourth most consumed food. Despite its importance, this crop presents a high susceptibility to a wide range of pathogens, leading to an extensive yield loss. A potential approach for disease control in potato is the understanding of the mechanisms of resistance induction and their relation to strengthening of natural plant defenses. In this work, the effect of defense inducers (XTH and Acibenzolar-S-methyl - Bion®) and ethylene blocker (aminoethoxyvinylglycine – AVG) in the plant metabolism was assessed. Biochemical markers for plant defense, such as POX and PPO enzymes, synthesis of phenolic compounds, flavonoid fraction and salicylic acid accumulation were also evaluated. Bion® resulted in a negative effect upon P. carotovorum inoculated plants, whilst XTH delayed disease progression. Plants cultivated in the presence of Bion+AVG showed an increase in PPO activity comparing to the control plants, although its activity was similar between XTH and Bion® plants. POX activity was promoted by Bion® at 24 hpi, however, at 72 hpi plants showed higher POX activity within XTH+AVG and Bion+AVG treated plants, compared with non-treated plants. In general, plants presented free SA levels 65% higher than conjugated one. The highest concentrations of SA (52. 2 μg/g) was found in Bion+AVG treated plants, whilst the lowest concentrations (4. 8 μg/g) were found in XTH and AVG treated plants.en_US
dc.description.abstractA espécie Solanum tuberosum é uma das espécies vegetais de maior importância no mundo, sendo a batata o quarto alimento mais consumido. Porém, apesar do uso extensivo de pesticidas, esta cultura ainda é muito afetada por doenças, acarretando grandes perdas econômicas. Uma importante alternativa ao uso de químicos para o manejo das pragas, é o fortalecimento das defesas naturais da planta através da promoção de seus mecanismos de defesa. Neste trabalho foi avaliada a incidência da doença causada por Pectobacterium carotovorum e o metabolismo vegetal relacionados à defesa, tal como atividade das enzimas peroxidases (POX) e polifenoloxidases (PPO), síntese de compostos fenólicos, flavonoides e o acúmulo de ácido salicílico (AS) livre e conjugado. Foram utilizados os indutores de defesa XTH e o Bion®, bem como o bloqueador da síntese de etileno, AVG (aminoetoxivinilglicina), em plantas de batata cultivadas in vitro. O tratamento com Bion® não promoveu a resistência vegetal nas plantas inoculadas com P. carotovorum. Enquanto o uso do XTH foi eficiente na promoção de resistência das plantas, retardando o progresso da doença causada pela fitobactéria. Em plantas cultivadas na presença de Bion+AVG, foi observado um aumento na atividade de PPO em comparação com o controle, porém a atividade desta enzima é semelhante entre os tratamentos XTH e Bion®. Nas plantas do tratamento XTH+AVG a atividade da PPO se mantém semelhante às plantas do controle e do tratamento XTH. A atividade da POX foi promovida pelo tratamento Bion® em 24 horas pós-inoculação (hpi), enquanto que os tratamentos XTH+AVG e Bion+AVG induziram a maior atividade desta enzima em 72 hpi. Apesar das diferenças observadas nas atividades de PPO e POX, estas não apresentaram relação com a incidência da doença nas plantas. Em geral, os níveis de AS livre nos tecidos foi 65% maior que o AS conjugado. Em 24hpi, as plantas do tratamento Bion+AVG apresentaram os maiores níveis de AS livre (52,2 μg/g), enquanto os o tratamento XTH e AVG apresentaram os menores níveis de AS (4,87 e 4,82 μg/g, respectivamente).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectBIOLOGIA CELULARpt_BR
dc.subjectBIOLOGIA MOLECULARpt_BR
dc.subjectBATATASpt_BR
dc.subjectPLANTAS - DOENÇASpt_BR
dc.subjectBACTÉRIAS FITOPATOGÊNICASpt_BR
dc.titleProcessos celulares envolvidos nas respostas de defesa de Solanum tuberosum L. contra Pectobacterium carotovorumpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Biociênciaspt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecularpt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2014pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000460184-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.