Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/6903
Tipo: doctoralThesis
Título: Construção e potencialidades de um sistema de monitoramento e avaliação para a saúde mental a partir da APS
Autor(es): Albert, Carla Estefanía
Orientador: Scarparo, Helena Beatriz Kochenborger
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Fecha de Publicación: 2014
Palabras clave: PSICOLOGIA
SAÚDE MENTAL
SAÚDE COLETIVA
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
Resumen: Esta tese apresenta três estudos sobre monitoramento e avaliação (M & E), com base no conceito de rede de atenção em Saúde Mental. As questões de pesquisa são sobre as diferenças entre a indicação normativa da avaliação em saúde mental e sua prática real. O primeiro documento é uma revisão da literatura sobre avaliação de saúde mental. O segundo é uma análise de narrativas aplicado em entrevistas de gestores de saúde mental. Diante desses resultados dos trabalhos iniciais, propomos uma estratégia para a avaliação do processo, projetada a partir da noção de rede de cuidados em saúde mental. Resultados: pronuncia-se uma diferença entre as indicações normativas, tal como solicitado na Política Nacional do Sistema de Saúde, e o mundo real das ações de avaliação em saúde mental, dos seus procedimentos e práticas. Mesmo com as recentes propostas de programas federais sobre avaliação de saúde, a construção de uma rede de avaliação de serviços de saúde mental ainda mostra-se desafiadora. Atualmente, os dados sobre serviços de saúde mental são limitados a alguns indicadores governamentais. No micro espaço político de Saúde, a realidade do M & E revelou atividades esporádicas e caracterizadas pela participação direta dos trabalhadores da Saúde para realizá-los.
This doctoral study presents three papers about monitoring and evaluation (M&E), based on the concept of care network in Mental Health. The research issues are about differences between the normative indication of evaluation in mental health and their real practice. The first paper is a literature review on mental health assessment. The second it is a narratives analysis applied on interviews of mental health managers. Given those outcomes of initial works, we propose a strategy for process evaluation, projected from care guideline in mental health. Results: The conclusion pronounces a difference between normative, as requested on the National Health System Politics, and the real world of evaluation actions in mental health, its procedures and practices. Even with the recent proposals for federal programs about health evaluation, to building an evaluation network to mental health service, it is a continuous challenge. Now a day, data about mental health service are limited to some governmental indicators. On the micro political space of Health, the reality of M&E revealed that activities were sporadic and characterized by direct participation of Health workers to carry them out.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6903
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000459904-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial250,99 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.