Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/6962
Tipo: doctoralThesis
Título: Gênero, família e escola: a homomaternidade na sala de aula
Autor(es): Palma, Yáskara Arrial
Orientador: Strey, Marlene Neves
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: PSICOLOGIA SOCIAL
PSICOLOGIA ESCOLAR
RELAÇÕES DE GÊNERO
RELAÇÕES FAMILIARES
POLÍTICAS PÚBLICAS
HOMOSSEXUALISMO - BRASIL
Resumo: This thesis proposes a reflection on the relationship between homomaternal families and schools nowadays. Objective: To investigate the relationships between homomaternal families and the school context, identifying and understanding how the dialogue between them and also between some public policy occurs. Method: two qualitative and exploratory studies were performed which resulted in four articles. The first study was a documental review of the National Curriculum Parameters (PCN), the Brazil Without Homophobia Program and the National Human Rights Plans I, II and III. Narrative interviews were used to conduct the second study, searching for lesbian mothers had eleven children and adolescents of school age, plus four pedagogical supervisors. In both studies, we used discourse analysis from the perspective of feminist studies of gender and Socio-Historical Social Psychology to perform the analysis. Results: It was possible to identify the importance of creating public policies to visualize the LGBT public education, but they are not enough measures to contribute effectively in transforming the school reality. Mothers feel accepted and understood in the chosen schools. Despite presenting very wide understandings of what is considered family, pedagogical supervisors still carry on their discourses crossings of heteronormativity and patriarchy still in effect. Conclusion: The school is changing, but issues such as sexual orientation are still treated in a non-visualized way and in an individualized manner. It becomes increasingly urgent that schools open space for marginalized subjects to have a voice and be heard.
A presente tese propõe uma reflexão sobre a relação entre as famílias homomaternais e as escolas na contemporaneidade. Objetivo: investigar as relações existentes entre as famílias homomaternais e o contexto escolar, identificando e compreendendo como ocorre a interlocução entre eles e também entre algumas políticas públicas.Método: Foram realizados dois estudos qualitativos e exploratórios que resultaram em quatro artigos. O primeiro estudo foi uma análise documental dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), do Programa Brasil sem Homofobia e dos Planos Nacionais de Direitos Humanos I, II e III. Para a realização do segundo estudo, foram utilizadas entrevistas narrativas para pesquisar onze mães lésbicas que possuíam crianças e adolescentes em idade escolar, além de quatro orientadoras educacionais. Em ambos os estudos, utilizouse análise de discurso sob a ótica dos estudos feministas de gênero e da Psicologia Social Sócio-Histórica para realizar as análises. Resultados: Foi possível identificar a importância de criação de políticas públicas para visibilizar o público LGBT na educação, porém não são ações suficientes para contribuir de modo efetivo na transformação da realidade escolar. As mães sentem-se acolhidas e compreendidas nas escolas escolhidas. Apesar de apresentarem entendimentos bastante amplos do que é considerado família, as educadoras educacionais ainda carregam em seus discursos atravessamentos da heteronormatividade e do patriarcado ainda vigentes. Considerações Finais: A instituição escolar está se transformando, porém temáticas como orientação sexual ainda são tratadas de modo invisibilizado e individualizado. Torna-se cada vez mais urgente que a instituição escolar abra espaço para que as temáticas marginalizadas tenham voz e sejam ouvidas.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6962
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000463965-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial695,54 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.