Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7157
Tipo: masterThesis
Título: Monitoramento eletrônico de presos no RS: uma leitura bakhtiniana do discurso do gênero reportagem na esfera jornalística
Autor(es): Rosa, Renata Faria Amaro da Silva da
Orientador: Delanoy, Cláudio Primo
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: LINGUÍSTICA
LINGUAGEM
BAKHTIN, MIKHAIL MIKHAILOVITCH - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
ANÁLISE DO DISCURSO
PRESIDIÁRIOS - RIO GRANDE DO SUL
JORNALISMO
REPORTAGENS
Resumen: This paper proposes an analysis of construction of meanings of speech in reportages on electronic monitoring of prisoners in Rio Grande do Sul (RS), from the analysis of speeches printed in the newspaper Zero Hora (ZH) between the months of January and May of 2013, in the perspective of Enunciation Theory by Bakhtin and his Circle. The research, based on bakhtinian dialogic theory, more specifically, seeks to identify the discursive voices that make up the speech, to recognize compositional elements of the genre reportage of the journalistic sphere, and to verify marks of the speaker of the enunciation through the evaluating accents circulating in the utterances, understanding how all these aspects interweave to form meaning. Under the focus of the theory discussed in this work, language is understood as a social phenomenon of verbal interaction. In this conception, the relationship between the subjects is constituted through interpersonal relations, because the speech is always a response to another speech, establishing an inter-relationship between dialogues that build relationships of meaning. The selected corpus consists of reportages published in ZH that address electronic monitoring of prisoners in Rio Grande do Sul, whose theme is a controversy regarding public security in the state. The analysis consists of the survey and the relationship between the linguistic elements that mark what has been said and what has been left unsaid as well as extraverbal elements, in order to identify the interweaving of voices present in the speech, in the dialogical perspective. Through this work, it is possible to recognize that the genre reportage, refuting the thesis of common sense, is a clash of socioideological voices, marked by evaluative accent of the speaker, being, by no means, a neutral speech.
Este trabalho propõe uma análise de construção dos sentidos do discurso em reportagens sobre o monitoramento eletrônico de presos no Rio Grande do Sul (RS), a partir da análise de discursos impressos no Jornal Zero Hora (ZH) entre os meses de janeiro e maio do ano de 2013, na perspectiva da Teoria da Enunciação de Bakhtin e seu Círculo. A pesquisa, fundamentada na teoria dialógica bakhtiniana, de forma mais específica, busca identificar vozes discursivas que compõem o discurso, reconhecer elementos composicionais do gênero reportagem da esfera jornalística e verificar marcas do locutor da enunciação através dos acentos de valoração que circulam nos enunciados, compreendendo como todos esses aspectos se entrecruzam para constituírem sentidos. Sob o enfoque da teoria abordada neste trabalho, a linguagem é entendida como um fenômeno social de interação verbal. Nessa concepção, a relação entre os sujeitos se constitui por meio de relações intersubjetivas, pois o discurso representa sempre uma resposta a outro discurso, estabelecendo uma inter-relação entre diálogos que constroem relações de sentido.O corpus selecionado constitui-se de reportagens publicadas no ZH que tratam sobre o monitoramento eletrônico de presos no Rio Grande do Sul, cujo tema representa uma polêmica no que se refere à segurança pública no Estado. A análise configura-se no levantamento e na relação entre os elementos linguísticos que marcam os ditos e os não-ditos e os elementos extraverbais, buscando identificar o entrecruzamento de vozes presentes no discurso, na perspectiva dialógica. Por meio deste trabalho, é possível reconhecer que o gênero reportagem, refutando a tese do senso comum, representa um embate de vozes socioideológicas, marcado pelo acento valorativo do locutor, sendo, de forma alguma, um discurso neutro.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7157
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000467060-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,86 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.