Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7172
Tipo: masterThesis
Título: Dimensionamento de enfermeiros para assistência em diálise peritoneal
Autor(es): Vieira, Kamyla Lameira
Orientador: Figueiredo, Ana Elizabeth Prado Lima
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: MEDICINA
ENFERMAGEM
RECURSOS HUMANOS
DIÁLISE PERITONEAL
Resumo: Objective : To evaluate workload of nurses in a Peritoneal Dialysis (PD) program based on the activities and time spent to perform them. Method : Qualitative design (focus group) in the first phase and quantitative in the second stage. From the list of activities of care derived from the focus group, an instrument was created and the time spent for each activity measured for 4 months. The average time for each task was multiplied by the number of occurrences of the same in the month in hours, reflecting the monthly time in hours that nurses use to perform each activity. Results : The estimation was of 495,25 of days to care for 47 patients. with a avarege of 10 days per patients. Considering number of patients (47) and 10 days for each an optimal ratio is one nurse for 23,45 patients. The most frequent nursing care activity was to assist patients during hospitalization (137,15 days), management and supervision of other health professionals, in education participating in scientific meetings and in research activities. Conclusion : We could list the nursing activities for a peritoneal dialysis nurse and suggest an easy formula to evaluate workload of nurses in PD in order to improve outcomes for patients.
Objetivo : avaliar o dimensionamento de enfermeiros em uma unidade de diálise peritoneal (DP) baseado nas atividades e tempo gasto para executá-las.Método : delineamento qualitativo (grupo focal) na primeira fase e transversal quantitativa na segunda etapa. A partir das atividades de cuidado oriundas do grupo focal, foi criado um instrumento, e o tempo gasto para as atividades mensurado por 4 meses. A média de tempo de cada tarefa foi multiplicada pelo número de ocorrências da mesma no mês em horas, refletindo o tempo mensal em horas que o enfermeiro utiliza para desempenhar cada atividade. Resultados : A estimativa de dias gastos por cada atividade totalizou 495,25 dias, com uma média de 10 dias por paciente. Para um programa de 47 pacientes estima-se que a proporção ideal seja de um enfermeiro para assistência de 23,45 pacientes em DP. Em relação às atividades assistências, o enfermeiro gasta maior tempo para atender pacientes internados (137,15 dias), gerenciais para supervisionar profissionais da saúde, em educacionais para participar de reuniões científicas e em realização e participação em atividades de pesquisa. Conclusão : foi possível sugerir uma fórmula fácil para avaliar carga de trabalho dos enfermeiros em DP de maneira a melhorar os resultados para os pacientes.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7172
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000467728-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo958,85 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.