Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7235
Tipo: masterThesis
Título: Ecologia e comportamento do bugio vermelho (Alouatta puruensis) em um fragmento florestal em Rolim de Moura, Rondônia
Autor(es): Quintino, Erika Patrícia
Orientador: Bicca-Marques, Júlio César
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Fecha de Publicación: 2014
Palabras clave: ZOOLOGIA
MAMÍFEROS
PRIMATAS - HÁBITOS E CONDUTA
NUTRIÇÃO ANIMAL
ECOLOGIA
COMPORTAMENTO
Resumen: Forest loss and fragmentation affect habitat quality for arboreal species. Among New World monkeys, howlers (Alouatta spp. ) stand out for their ability to survive in fragmented and human-altered forests. This dissertation reports the results of the first study on the ecology and behavior of the Purús red howler monkey (Alouatta puruensis). A social group composed of seven individuals (an adult male, three adult females, a subadult male, a juvenile male, and an infant male) was observed from dawn to dusk during six 15-day periods (=90 days of sampling effort or 1,044 hours of observation) from April to October 2013 in a 2,2-ha forest fragment in Rolim de Moura, state of Rondônia, Brazil. The behavior of the study subjects was recorded using the instantaneous scan sampling method. The study group spent most of the day resting (69% of records), followed by moving (17%) and feeding (12%), and fed on a predominantly folivorous diet (61% of feeding records) that was complemented with flowers (23%) and fruits (15%) belonging to, at least, 36 species. The group ranged over the entire area of the fragment and traveled between 257 and 860 m each day. Quadrupedal walking was by far the most common locomotor mode (97% of records) and sitting was the most common feeding (53%) and resting (57%) posture. The type of food influenced the use of feeding postures. The howlers also adopted a thermoregulatory behavior during resting, increasing the use of heat dissipating postures and the selection of shady places with increasing ambient temperatures. This research also produced the first report of a predation event of a howler monkey by a snake (boa Boa constrictor). In sum, Purús red howler monkeys (A. puruensis) show a behavioral pattern characteristic of the genus.
A perda e a fragmentação das florestas alteram a qualidade do habitat para as espécies arborícolas. Dentre os primatas do Novo Mundo, os bugios (Alouatta spp. ) destacam-se por apresentar uma grande capacidade de sobreviver em ambientes fragmentados e alterados pelo homem. Este trabalho relata os resultados do primeiro estudo sobre a ecologia e o comportamento do bugio-vermelho-do-Purús (Alouatta puruensis). Um grupo social composto por sete indivíduos (um macho adulto, três fêmeas adultas, um macho subadulto, um macho jovem e um macho infante) foi observado do amanhecer ao pôr-do-sol durante seis períodos de 15 dias (=90 dias de esforço amostral ou 1. 044 horas de observação) de abril a outubro de 2013 em um fragmento florestal com 2,2 ha em Rolim de Moura, Rondônia, Brasil.O comportamento dos animais foi registrado pelo método de varredura instantânea. O grupo de estudo alocou a maior parte do dia em descanso (69% dos registros), seguido por locomoção (17%) e alimentação (12%), e utilizou uma dieta predominantemente folívora (61% dos registros de alimentação) complementada com flores (23%) e frutos (15%) de, pelo menos, 36 espécies. O grupo utilizou todo o fragmento como área de vida e o percurso diário variou de 257 a 860 m. A caminhada quadrúpede foi o principal tipo de locomoção (97% dos registros) e a postura sentado foi a mais utilizada durante a alimentação (53%) e o descanso (57%). A postura de alimentação foi influenciada pelo tipo de alimento explorado. Os bugios apresentaram um comportamento de termorregulação durante o descanso, aumentando o uso de posturas dissipadoras de calor e a seleção de locais à sombra com o aumento da temperatura ambiente. Por fim, esta pesquisa produziu o primeiro relato de predação de um bugio por uma serpente (jiboia Boa constrictor). Em suma, o bugio-vermelho-do-Purús (A. puruensis) apresenta um padrão comportamental característico do gênero.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7235
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000468067-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo4,99 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.