Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7327
Tipo: masterThesis
Título: Desenvolvimento de um método de obtenção do radiofármaco macro-agregado de albumina para marcação com 99mTC e aplicação em medicina nuclear
Autor(es): Vidal, Salus Cardoso
Orientador: Machado, Pablo
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Farmacêutica
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: RADIOFARMACÊUTICA
RADIOFARMACÊUTICA
MEDICINA NUCLEAR
TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA
DIAGNÓSTICO POR IMAGEM
PULMÕES - DOENÇAS
Resumo: This work proposes a methodology to obtain the radiopharmaceutical Human Macro-Aggregate Albumin (MAA) for further labeling with the radioisotope technetium-99-metastable (99mTc) and use in diagnostic imaging. The method proposes a process improvement during the manufacturing process for the production of this radiopharmaceutical regarding the established procedures described in international bibliography. 99mTc-MAA is a indispensable radiopharmaceutical, especially for the diagnosis of lung diseases, allowing the evaluation of patient perfusion capacity. This work presents the studies designed to obtain a lyophilized, non-toxic, sterile and pyrogen-free pharmaceutical preparation for intravenous administration. The injectable product reconstituted was characterized by the uniformity of the particles in suspension in relation to the number and size of protein aggregates. The analysis of optical microscopy and scanning electron microscopy (SEM) to check the number and size of particles have showed that none of the aggregates had size larger than 150 microns, therefore, within the clinical application limit. The radiochemical assays demonstrated the production of a product with high radiochemical purity (RQP). The radiochemical characteristics presented by the marked product according to the international pharmacopoeial requirements (QRP > 90%) allowing its use for diagnostic imaging through the technique that uses scintigraphic evaluation of pulmonary perfusion in nuclear medicine by single-photon emission computed tomography (SPECT).
O presente trabalho propõe uma metodologia para obtenção do radiofármaco Macro-Agregado de Soro Albumina Humano (MAA), para posterior marcação deste com o radioisótopo tecnécio-99-metaestável (99mTc) e, assim, seu uso em diagnóstico por imagem. O método propõe uma melhoria de processo, em processo, para a manufatura deste radiofármaco em relação aos processos já descritos nos compêndios internacionais. O 99mTc-MAA é um radiofármaco imprescindível, principalmente, para o diagnóstico de patologias pulmonares permitindo a avaliação da capacidade de perfusão do paciente. Neste trabalho são apresentados os estudos desenvolvidos para a obtenção de uma preparação farmacêutica liofilizada de natureza atóxica, estéril e apirogênica para administração endovenosa. O produto injetável reconstituído foi caracterizado pela uniformidade do particulado em suspensão em relação ao número e ao tamanho dos agregados proteicos. As análises de microscopia óptica e de microscopia eletrônica de varredura (MEV) para verificação do tamanho e do número de particulados demonstraram que nenhum dos agregados apresentou tamanho superior a 150 µm, estando, portanto, dentro do limite máximo para aplicação clínica. Os ensaios radioquímicos demonstraram a produção de um produto com elevado grau de pureza radioquímica (PRQ). As características radioquímicas apresentadas pelo produto marcado atendem aos requisitos descritos nas farmacopeias internacionais (PRQ > 90%) permitindo o seu emprego para o diagnóstico por imagem utilizando técnica de avaliação cintilográfica pulmonar de perfusão em medicina nuclear por meio da SPECT (tomografia computadorizada por emissão de fóton único).
URI: http://hdl.handle.net/10923/7327
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000467668-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial553,72 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.