Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7419
Tipo: masterThesis
Título: Memória e Museus de ciências: a compreensão de uma experiência museal a partir da recuperação das memórias dos visitantes
Autor(es): Souza, Vanessa Martins de
Orientador: Silva, Ana Maria Marques da
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: EDUCAÇÃO
MUSEUS
MEMÓRIA
APRENDIZAGEM
NEUROCIÊNCIA
Resumo: With the purpose of investigating how the recovery of memories of visitors to the museum of science can contribute to the understanding of a museum experience, this research was developed on the form of a case study, with participants from a past experience during the space of a museum science in 2009. This experience was aimed at providing an experience of twenty-four hours in the museum environment, taking advantage of the exchange of scientific, technological and cultural knowledge. The recovery of memories of this experience at the museum, passed after four years was conducted through semi-structured interviews recorded in audio with seven students of elementary and secondary education, aged between 14 and 16 years who participated in 2009 of experience in museum sciences. The data were subjected to a discursive textual analysis, considered from the perspectives of Contextual Model of Learning and neuroscience. The analysis of the memories from the perspective of Learning Contextual Model indicated the presence of the eight key factors model, realizing the complexity and the richness of the museum experience. Under the optic of neuroscience, were five categories of analysis of the memories of the subjects about the experience: The museum environment memories; Memories of emotional nature; Memories of mediation/interaction in the museum; Memories about learning; Strengthening of memories. These categories showed that factors such as emotion, neuroplasticity, attention, memory and motivation influence in the formation of memories of the experiences of subjects in the museum environment. Finally, the analysis has also pointing strategies of actions that contribute to the planning of school visits in science museum. The research highlights the importance of strengthening in the school experiences of the museum environment, retrieving information and establishing relationships with subjects covered in class in order to continue the learning started in the science museum.
Com a finalidade de investigar como a recuperação das memórias de visitantes ao museu de ciências pode contribuir para a compreensão de uma experiência museal, esta pesquisa foi desenvolvida, sob forma de um estudo de caso, com participantes de uma experiência ocorrida no espaço de um museu de ciências no ano de 2009. Tal experiência teve por objetivo proporcionar uma vivência de vinte quatro horas no ambiente do museu, aproveitando o intercâmbio de conhecimentos científicos, tecnológicos e culturais. A recuperação das memórias dessa vivência no museu, após transcorridos quatro anos, foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio com sete estudantes do ensino fundamental e médio, com idades entre 14 e 16 anos, que participaram em 2009 da experiência no museu de ciências. Os dados obtidos foram submetidos a uma análise textual discursiva, considerados sob as perspectivas do Modelo Contextual de Aprendizagem e das neurociências.A análise das memórias sob a óptica do Modelo Contextual de Aprendizagem apontou a presença dos oito fatores chave do modelo, percebendo-se a complexidade e a riqueza da experiência museal. Sob a óptica das neurociências, emergiram cinco categorias de análise das memórias dos sujeitos sobre a experiência: Memórias do ambiente museal; Memórias de natureza emocional; Memórias da mediação/interação no museu; Memórias sobre o aprendizado; Reforço das memórias. Essas categorias evidenciaram que fatores como emoção, neuroplasticidade, atenção, memória e motivação influenciaram na formação das lembranças da experiência vivida pelos sujeitos no ambiente do museu. Por fim, a análise permitiu, ainda, apontar estratégias de ações que contribuem para o planejamento de visitas escolares em museu de ciências. A investigação destaca a importância de reforçar na escola as experiências vividas no ambiente museal, recuperando informações e estabelecendo relações com assuntos abordados em sala de aula, de modo a dar continuidade às aprendizagens iniciadas no museu de ciências.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7419
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000470937-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,75 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.