Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7435
Tipo: masterThesis
Título: Estudo prospectivo de fatores preditivos de qualidade de vida em pacientes com câncer de colón e reto
Autor(es): Oliveira, Cristiano Pereira de
Orientador: Oliveira, Margareth da Silva
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: PSICOLOGIA
PSICOLOGIA CLÍNICA
QUALIDADE DE VIDA
QUIMIOTERAPIA
NEOPLASIAS COLORRETAIS
Resumo: This Master’s research is composed of two empirical papers, the first one is a characterization of quality of life (QoL), physical and psychosocial factors in patients with Colorectal cancer (CRC). The second reference is to the identification of factors that can predict QoL in this population. The objectives that guided this thesis were to characterize patients with this cancer and to identify factors that predict QoL in patients with CRC. As a method carried out a longitudinal evaluation at baseline and at follow -up 51 patients elected for convenience and were assessed through self-report to QoL in addition to social demographic and clinical variables. On the other hand, if sought - diagnostic and therapeutic information in the medical records. After, there was descriptive and inferential statistics analysis establishing the necessary comparisons and correlations. The results identified a characteristic profile with relatively homogeneous distribution 51 % men with the middle age of 60. 1 ( ±9,1) at baseline, as psychosocial aspects in general had higher QoL with other studies on the same population, and a significant improvement over time of all the subscales of performance and symptoms. Also shown that the physical aspects influence QoL. Concerning the predictors in this study there was no evidence links between gender and QoL, except for the initial assessment during chemotherapy indicating relationship between a man predicts to have more diarrhea. Another relevant fact is the relationship schooling, which have higher level indicates greater loss in appetite seconds findings at baseline. The presence of pain at follow -up can be correlated with the fact living alone. When considering the treatment protocols, FOLFIRI and Bevacizumab shown to be related to worse QoL. Also, if the trend showed a pain as a predictor of poor QoL. The relationship between self QoL l reporting among individuals who died and the survivors had minimum ratio indicating that they are independent. Regarding the presence of the mutated K-RAS gene the unique relationship was related with appetite loss. Finally, the symptoms of anxiety and depression were important predictors global QoL subscales and at follow-up. The main conclusion of the study findings is the need for multidisciplinary care that addresses the specific demands on this diagnosis.
Esta dissertação está constituída de dois estudos empíricos, o primeiro trata-se de uma caracterização de qualidade de vida (QV), fatores físicos e psicossociais em pacientes com Câncer de colón e reto (CCR). Já o segundo trata-se da identificação de fatores que podem predizer QV nesta população. Os objetivos que nortearam esta dissertação foram de caracterizar os portadores desta neoplasia e identificar fatores que estão associados à QV em pacientes com CCR. Como método realizou-se uma avaliação longitudinal na linha de base e no follow-up com 51 pacientes eleitos por conveniência, sendo avaliados através de autorrelato para QV além de variáveis sócio demográficas e clínicas. Por outro lado, buscaram-se informações diagnósticas e terapêuticas nos prontuários médicos. Após, realizouse análises estatísticas descritivas e inferenciais estabelecendo as devidas comparações e correlações. Os resultados identificaram um perfil característico com distribuição relativamente homogênea 51% são homens com idade média de 60,1 (±9,1) na linha de base, como aspectos psicossociais em geral apresentaram QV superior a outros estudos com a mesma população, além de uma melhora significativa com o passar do tempo de todas as subescalas de desempenho e sintomas. Também evidenciado que os aspectos físicos influenciam na QV. Concernente aos fatores preditores, neste estudo, não se evidenciou relações entre sexo e QV, a exceção da avaliação inicial durante a quimioterapia que indica relação entre ser homem e ter mais diarreia. Outro dado relevante é em relação à escolaridade, onde ter nível superior indica maior prejuízo no apetite segundo achados na linha de base. A presença de dor no follow-up pode ser correlacionada com o fato de morar sozinho. Quando considerados os protocolos de tratamento, Folfiri + Bevacizumbe demonstraram estar relacionados à pior QV. Além disso, se evidenciou uma tendência da dor como preditora de pobre QV. A relação entre auto relato de QV entre os indivíduos que foram a óbito e os sobreviventes apresentaram relação mínima indicando que são independentes. No que diz respeito da presença do gene K-RAS a única relação foi este estar relacionado à perda de apetite. Por fim, os sintomas de ansiedade e depressivos demonstraram ser importantes fatores associados à QV global e subescalas no follow-up. Como principal conclusão dos achados deste estudo está à necessidade de cuidado multiprofissional que contemple demandas especificas a este diagnóstico.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7435
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000471277-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial170,52 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.