Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7522
Tipo: masterThesis
Título: Resolução de problemas como metodologia de ensino: uma análise das repercussões de uma formação continuada
Autor(es): Miranda, Ana Sofia Macedo Szczepaniak
Orientador: Gessinger, Rosana Maria
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: EDUCAÇÃO
MATEMÁTICA - ENSINO
MATEMÁTICA - MÉTODOS DE ENSINO
PRÁTICA DE ENSINO
PROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Resumo: This study arose from the question of how the participation in a continuing education course on Troubleshooting deflects in a group of teachers who teach mathematics in a public school. It aimed to understand the repercussions that a course of in-service training Troubleshooting as a methodological perspective on teaching practice of these teachers. With specific objectives it was sought to understand how this group of teachers who teach math realize their pedagogical practice in relation to Troubleshooting as a methodological teaching; to analyze how problem solving is used by the group of teachers; to analyze the limits and possibilities to incorporate Troubleshooting as a teaching methodology and understand the changes that a proposed in-service training on Troubleshooting triggers the group of teachers who participated in it. The survey was conducted with eleven teachers of the initial years. The research was qualitative nature of the case study type, and had its data analyzed by Textual Discursive Analysis. From this analysis it was revealed three categories:"The perceptions of the teachers on the teaching and learning before ongoing education","The analysis of the changes brought in teachers from the ongoing education” ; “In-service training as a possible and necessary practice." In the first category the study revealed that the group perceives weaknesses in the initial training, they have difficulties and insecurities in relation to mathematics teaching and that they work the Troubleshooting in a simple and conventional way. In the second category, it was showed that there were significant changes in the group from the training course service. It was possible to notice an improvement over the mathematical knowledge, as well as Troubleshooting as a methodological teaching and the group acknowledgment of the possibility to incorporate this approach in their practice. The third category presented as results of this study shows that the course of in-service training has enhanced planning and reflection of teaching practice, so being possible and necessary in schools.
O presente estudo surgiu do questionamento de como a participação em um curso de formação continuada em serviço sobre Resolução de Problemas repercute em um grupo de professores que ensinam Matemática numa escola da rede municipal de ensino. Teve como objetivo geral, compreender as repercussões que um curso de formação continuada em serviço sobre Resolução de Problemas como metodologia de ensino na prática pedagógica destes professores. Com os objetivos específicos, buscou-se compreender como esse grupo de professores que ensina Matemática percebe sua prática pedagógica em relação à Resolução de Problemas como metodologia de ensino; analisar como a Resolução de Problemas é utilizada pelo grupo de professores; analisar os limites e possibilidades de incorporar a Resolução de Problemas como metodologia de ensino e compreender as mudanças que uma proposta de formação continuada em serviço sobre Resolução de Problemas desencadeia no grupo de professores que dele participou. A pesquisa foi realizada com onze professoras dos anos iniciais. A pesquisa foi de cunho qualitativo, do tipo estudo de caso, e teve seus dados analisados por meio da Análise Textual Discursiva. Dessa análise, emergiram três categorias: “As percepções das professoras e sua ação docente antes da formação continuada em serviço”; “Uma análise das mudanças desencadeadas nas professoras a partir da formação continuada em serviço; “A formação continuada em serviço como uma prática possível e necessária”. Na primeira categoria, o estudo revelou que o grupo percebe fragilidades na formação inicial, possuem dificuldades e inseguranças em relação ao ensino da Matemática e trabalham a Resolução de Problemas de forma simples e convencional. Na segunda categoria, foi evidenciado que houve mudanças significativas no grupo, a partir do curso de formação continuada em serviço. Foi possível perceber um avanço em relação ao conhecimento matemático, bem como na Resolução de Problemas como metodologia de ensino e o reconhecimento pelo grupo da possibilidade de incorporar essa metodologia em sua prática. A terceira categoria apresentou como os resultados deste estudo revelam que o curso de formação em serviço potencializou o planejamento e a reflexão da prática docente, sendo, então, possível e necessária nas escolas.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7522
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000473840-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,54 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.