Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7604
Tipo: doctoralThesis
Título: Educação inclusiva: a estranha necessidade de políticas para incluir pessoas
Autor(es): Silva, Jocenir de Oliveira
Orientador: Fernandes, Idilia
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: SERVIÇO SOCIAL
POLÍTICA EDUCACIONAL
POLÍTICAS PÚBLICAS
EDUCAÇÃO INCLUSIVA
INCLUSÃO SOCIAL
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA - ASPECTOS SOCIAIS
Resumo: This thesis analyzes the public policies of Education for the care of persons with disabilities. In the proposed cut, we seek to highlight the service from the perspective of inclusive education. This thesis studies the process of implementing the Education for Public Policies focused on Inclusion of People with Disabilities in the counties of Itaqui, Sao Borja and Uruguaiana in the Frontier West Rio Grande do Sul region. Visa demonstrate the contradictory nature of the recommendations for policies and in execution. Is For this, the recognition of segregation, integration and inclusion, which are strategies used to "include" people. After all, what strategies the company is following in social relations, implementation of public policies that put as a condition the existence of a policy to "include" people? Reflections are built during the doctorate and aims to contribute to the debate on a societal project that includes all people. For this qualitative research was conducted in those municipalities addressing managers, teachers, and people with disabilities. The dialectic method Critical subsidized the research with the categories, Totality, Historicity, Contradiction and Mediation, a perspective to explain the reality studied. These results emphasize the need to eliminate barriers interposed historically prejudiced and discriminatory notions to ensure information regarding disability, suit architectural structure building ramps, media, furniture, fixtures and equipment adapted. What it turns out, the impact of educational legislation and school realities is the feeling of incompleteness, of powerlessness, educational networks in general, schools, teachers and community to enforce this proposal. It is noticed that still lack the understanding of inclusive education proposal, the corresponding conceptual training. Many see only the pedagogical aspects in the inclusion process, ignoring the benefits achieved through socialization. This position, however, is not exclusive, and appear along with traditional moral concepts, especially those involving individuals and their families by instability in which they are. More than an ambiguity, the presence of supposedly contradictory positions indicates the worsening social issue and how the State could improve driving this context.
Esta tese analisa as Políticas Públicas de Educação para o atendimento das Pessoas com Deficiência. No recorte proposto, busca-se evidenciar o atendimento na perspectiva da educação inclusiva além de estudar o processo de implementação das Políticas Públicas de Educação voltadas à Inclusão das Pessoas com Deficiência nos municípios de Itaqui, São Borja e Uruguaiana na região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Visa demonstrar o caráter contraditório entre o preconizado pelas políticas e na execução. Realiza-se para isto, o reconhecimento dos processos de segregação, integração e inclusão, que são estratégias utilizadas para "incluir" pessoas. Afinal, quais as estratégias que a sociedade vem seguindo nas relações sociais, na execução das politicas públicas que colocam como requisito a existência de uma política para "incluir" pessoas? São reflexões construídas durante o doutorado e objetiva contribuir para o debate sobre um projeto societário que inclua todas as pessoas. Para isto foi realizada pesquisa qualitativa nos referidos municípios abordando gestores, professores, e pessoas com deficiência. O Método Dialético Crítico subsidiou a pesquisa com as Categorias, Totalidade, Historicidade, Contradição e Mediação, numa perspectiva de explicar a realidade estudada. Conclui-se pela necessidade de eliminar as barreiras interpostas historicamente, noções preconceituosas e discriminatórias para garantir a informação a respeito da deficiência, adequar a estrutura arquitetônica construindo rampas, meios de comunicação, móveis, utensílios e equipamentos adaptados. O que se constata, na repercussão entre a legislação educacional e as realidades escolares é o sentimento de incompletude, de impotência, das redes de ensino em geral, das escolas, professores e comunidade, para fazer cumprir esta proposta. Percebe-se que ainda falta-lhes a compreensão da proposta de educação inclusiva, a formação conceitual correspondente. Muitos visualizam apenas os aspectos pedagógicos no processo de inclusão, deixando de lado os benefícios alcançados através da socialização. Essa posição, porém, não é exclusiva, e aparecem junto com concepções morais tradicionais, em especial as que comprometem os indivíduos e suas famílias pela instabilidade em que se encontram. Mais do que uma dubiedade, a presença de posições supostamente contraditórias indica o agravamento da questão social e o quanto a condução do Estado poderia melhorar este contexto.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7604
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
475283 Texto Completo.pdfTexto Completo1,56 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.