Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/7718
Tipo: masterThesis
Título: Síntese e caracterização de novos azoestilbenóides como potenciais agentes antineoplásicos
Autor(es): Baesso, Juliana Souza Ribeiro
Orientador: Souto, André Arigony
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: BIOLOGIA CELULAR
BIOLOGIA MOLECULAR
FARMACOLOGIA
NEOPLASIAS CUTÂNEAS
ANTINEOPLÁSICOS
MELANOMA
POLÍMEROS - SÍNTESE
Resumen: Melanoma is a malignant tumor that develops anywhere on the skin is 1 to 3% of all malignant neoplasms, and also affects men and women, especially in light skin. The development of melanoma may be associated with excessive sun exposure, sunburn, fair skin, blond or red hair, lots of freckles on their shoulders and backs, family history and presence of actinic keratosis. The chemotherapeutic strategies have been based on the use of dacarbazine and temozolomide. In addition to these monoclonal antibodies are also being used, such as ipilimumab, approved in 2011 for the palliative treatment of patients with metastatic cancer. Many studies are underway to evaluate the anticancer activity of compounds like resveratrol. Resveratrol, 3,5,4'-trihydroxy-trans-stilbene (RESV) is a natural phenolic stilbene which has, among the most important properties, antioxidant, anticarcinogenic - inhibiting various cellular events associated with three major stages of carcinogenesis: started, promotion and progression - anti-inflammatory, antiplatelet, antifungal and estrogen. Resveratrol analogs were synthesized by modification of substituents on both rings, without altering the double bond between them: one by the fusion of benzene and other two by fusing a heterocyclic ring; these newly synthesized analogues showed anticancer activity, vasodilatory and anti-tyrosinase. In this paper we propose the synthesis of resveratrol analogues in order to evaluate the biological activity of these. The structural change of resveratrol stilbene modified (alternate double bond between the carbons of the double nitrogens) may be a promising strategy to improve the pharmacological parameters. The replacement of hydroxyl groups by methyls and acetyls can increase the molecular stability, so that there is decreasing susceptibility in the reaction phase II conjugation in vivo, significantly potentiate the cytotoxic activity. Assay in cell culture using melanoma line, B16F10, showed that compounds synthesized had IC50 less than resveratrol. In evaluating the IC50 of the compounds synthesized in fibroblasts, 3T3 line, we see that showed higher values than in melanoma strain except Redresv001 compound, suggesting a specificity of the synthesized compounds in these cancer cells. Among the compounds, methylated Redresv003 and acetylated Redresv004 and Redresv005 have greater prominence, because of having antiproliferative activity at lower concentrations, are selective for cancer tested lineage and maintain their activity long period of time (72 hours), suggesting that did not generate resistance in the B16F10 line. For the qualitative analysis of the mechanism of cell death, we find that the Redresv003, Redresv004 and Redresv005 compounds showed differences compared to the control for apoptosis assay and also by autophagy, suggesting no specific target for action based on these assays.
O melanoma é uma lesão maligna que se desenvolve em qualquer lugar da pele, representa de 1 a 3% de todas as neoplasias malignas e atinge igualmente homens e mulheres, principalmente em peles claras. O desenvolvimento do melanoma pode estar associado à exposição excessiva ao sol, queimaduras solares, pele clara, cabelos loiros ou ruivos, grande quantidade de sardas nos ombros e dorsos, histórico familiar e presença de ceratose actínica. As estratégias quimioterápicas têm sido baseadas no uso de dacarbazina e da temozolomida. Além desses, anticorpos monoclonais também estão sendo utilizados, como o ipilimumabe, aprovado em 2011, para o tratamento paliativo de pacientes com câncer metastático. Muitos estudos estão em andamento para avaliação da atividade antineoplásica de compostos como o resveratrol. Resveratrol, 3,5,4´-trihidroxi-trans-estilbeno (RESV), é um estilbeno fenólico natural que possui, dentre as propriedades mais significativas, a antioxidante, anticarcinogênica - inibindo diversos eventos celulares associados com os 3 maiores estágios da carcinogênese: início, promoção e progressão – anti-inflamatória, antiplaquetária, antifúngica e estrogênica. Análogos do resveratrol foram sintetizados pela modificação de substituintes em ambos os anéis, não alterando a dupla ligação entre eles: um pela fusão de benzeno e outros dois pela fusão de um anel heterocíclico; esses análogos recentemente sintetizados apresentaram atividade antineoplásica, vasodilatadora e antitirosinase. Nesse trabalho propomos a síntese de análogos do Resveratrol com o intuito de avaliar a atividade biológica destes. A alteração estrutural de estilbeno modificado do resveratrol (substituição da ligação dupla entre carbonos pela dupla entre nitrogênios) pode ser uma estratégia promissora para melhorar os parâmetros farmacológicos. substituição de grupos hidroxilas por metilas e acetilas pode aumentar a estabilidade molecular, fazendo com que haja diminuição da suscetibilidade na reação de conjugação de fase II in vivo, além de potencializar significativamente a atividade citotóxica. Ensaios em cultura celular utilizando linhagem de melanoma, B16F10, demonstraram que os compostos sintetizados apresentaram IC50 menor que do resveratrol. Ao avaliarmos o IC50 dos compostos sintetizados em fibroblastos, linhagem 3t3, vimos que apresentaram valores maiores que na linhagem de melanoma, exceto o composto Redresv001, sugerindo uma especificidade dos compostos sintetizados nessas células neoplásicas. Dentre os compostos, o metilado Redresv003 e os acetilados Redresv004 e Redresv005 apresentam melhores resultados, pelo fato de possuírem atividade antiproliferativa em menores concentrações, serem seletivos para a linhagem cancerígena testada e por manterem sua atividade em longo período de tempo (72 horas), sugerindo que não geraram resistência na linhagem B16F10. Pela análise qualitativa do mecanismo de morte celular, verificamos que os compostos Redresv003, Redresv004 e Redresv005 apresentaram diferença em relação ao controle para ensaio de apoptose e também por autofagia, sugerindo não haver alvo específico para ação com base nesses ensaios.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7718
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
dissertação_mestrado_Juliana_Baesso_protegidoETT.pdfTexto parcial177,57 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.