Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/7826
Type: doctoralThesis
Title: O peso dos determinantes sociais da saúde na vida dos sujeitos bariátricos: desafios para o SUS
Author(s): Scherer, Patricia Teresinha
Advisor: Santos, Andréia Mendes dos
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Issue Date: 2015
Keywords: SERVIÇO SOCIAL
OBESIDADE
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
CIRURGIA BARIÁTRICA
POLÍTICAS PÚBLICAS
SAÚDE - ASPECTOS SOCIAIS
Abstract: Obesity is considered a world epidemic and it implies severe consequences to health besides psychosocial difficulties. As an alternative for the treatment of obesidty, the bariatric surgery is recommended in cases of morbid or moderate obesity with related diseases. The present thesis introduces a research made for Doctorate Degree in Social Service at the Catholic University of Rio Grande do Sul carried out at the Center of Obesity and Metabollic Syndrome of São Lucas Hospital which belongs to PUCRS (COM). It is a qualitative research with the general objective of investigating the way how health social determinants interfere in the bariatric post-surgery process of people submitted to this procedure in the scope of the Unified Health System (SUS).The data collection was done by means of a form with semi-structured script that comprised open and closed questions. A total of 27 subjects were interviewed in the period from September 2013 to November 2014 and the answers were submitted to the technique of Content Analysis. The dialectical and critical background guided the construction of the research and the sistematization of the obtained results. The investigative proposal was submitted to the Scientific Commission of the School of Social Service of PUCRS and to the Ethics Committee in Research of the same University. Findings indicate that health social determinants may compromise the surgery results and the subjects undergoing vulnerability shall have difficulties of access and maintenance of the post-operative treatment as recommended by the bariatric team. Among the factors that make it difficult to meet the post-operative recommendations are: difficulties to attend the follow-up appointments, financial difficulties, lack of preparation of the healthcare network to serve the bariatric users, besides the need of specific and broad public policies for the bariatric process. Users point out positive changes and benefits like the post-operative slimming, especially regarding health and social relations, what evidences the importance of the public investment in the bariatric surgery.
A obesidade é considerada uma epidemia mundial e acarreta graves consequências à saúde, além de dificuldades psicossociais. A cirurgia bariátrica, alternativa de tratamento para a obesidade, é indicada nos casos de obesidade mórbida ou moderada, com doenças associadas. Nesta Tese apresenta-se a pesquisa desenvolvida para o Doutorado em Serviço Social junto à Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e foi desenvolvida no Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas das PUCRS (COM). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que tem o objetivo geral de investigar a forma com que os determinantes sociais da saúde interferem no processo pós-cirurgia bariátrica das pessoas submetidas a esse procedimento, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).A coleta de dados foi realizada mediante um formulário, com roteiro semiestruturado, contemplando questões abertas e fechadas. Foram entrevistados 27 sujeitos, no período de setembro de 2013 a novembro de 2014, e as respostas foram submetidas à técnica de Análise de Conteúdo. O referencial dialético-crítico orientou a construção da pesquisa e a sistematização dos resultados obtidos. A proposta investigativa foi submetida à Comissão Científica da Faculdade de Serviço Social da PUCRS e ao Comitê de Ética em Pesquisa da mesma Universidade. Os resultados apontam que os determinantes sociais da saúde podem comprometer os resultados da cirurgia, e os sujeitos em situação de vulnerabilidade terão dificuldades de acesso e manutenção do tratamento pós-operatório, conforme recomendado pela equipe bariátrica. Entre os fatores que dificultam o cumprimento das recomendações pós-operatórias estão: dificuldades para comparecer às consultas de acompanhamento, dificuldades financeiras, falta de preparo da rede básica de saúde para atender os usuários bariátricos, além da necessidade de políticas públicas específicas e abrangentes para o processo bariátrico. Os usuários apontaram mudanças positivas e benefícios com o emagrecimento pós-operatório, especialmente quanto à saúde e relações sociais, demonstrando a importância de investimento público na cirurgia bariátrica.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7826
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000477234-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,82 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.