Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/8105
Tipo: doctoralThesis
Título: Ambiências memoriais no ciberespaço: portais corporativos como lugar de memória
Autor(es): Barbosa, Andréia Arruda
Orientador: Moura, Cláudia Peixoto de
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Fecha de Publicación: 2015
Palabras clave: MEMÓRIA INSTITUCIONAL
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
PORTAIS DA WEB
COMUNICAÇÃO
Resumen: As incertezas do contexto atual atingem sobremaneira as organizações em suas atuações na sociedade e no relacionamento com os públicos estratégicos, conjuntura que torna premente a reflexão sobre possibilidades de comunicação que oportunizem a construção de vínculos. Tal conexão pode ser propiciada pela Memória Institucional, pois, esta guarda profunda relação com a identidade organizacional, e favorece a criação ou o fortalecimento do senso de pertença. O presente estudo intenciona desvelar se Portais Corporativos podem consistir em Lugar de Memória Institucional, através dos quais as organizações buscam a religância com seus públicos de interesse. Esta pesquisa – exploratória, com abordagem qualitativa -, foi ancorada pelo Paradigma da Complexidade proposto por Edgar Morin. O levantamento bibliográfico que a subsidiou enfocou as perspectivas teóricas sobre memória – individual, coletiva, social, organizacional e no contexto digital; cultura organizacional, identidade, imagem e reputação; e as novas ambiências propiciadas pela comunicação no ciberespaço.Através do Estudo de Caso do Grupo Votorantim e das empresas que constituem o negócio Votorantim Industrial - Votorantim Cimentos, Votorantim Metais, Votorantim Siderurgia, Votorantim Energia, Fibria e Citrosuco - buscou-se perceber se as organizações tem utilizado seus portais corporativos para divulgar suas práticas de Memória Institucional, se há (inter) relação entre os elementos da identidade organizacional e o conteúdo sobre a temática existente naqueles locais, e quais as estratégias discursivas adotadas. Os resultados obtidos desvelam o potencial dos Portais Corporativos como Lugar de Memória Institucional, mas, revelam, por outro lado que tais espaços são utilizados, ainda, de forma incipiente. Conclui-se, assim, que esta área de estudos pode representar uma ampliação do campo de atuação para profissionais de Comunicação Organizacional e Relações Públicas.
The uncertainties of the current context greatly affect organizations in their roles in society and in their relationships with stakeholders. This situation makes it urgent that we reflect about communication possibilities that could contribute to bonding with stakeholders. The Institutional Memory allows such connection since it is deeply attached to the organizational identity fostering, therefore, a strong sense of belonging. This study intends to discuss whether Corporate Portals can be an Institutional Memory Place, through which organizations seek reliance with its stakeholders. This exploratory qualitative research it was anchored by the Paradigm of Complexity proposed by Edgar Morin. Literature review focused on the theoretical perspectives on memory – individual, collective, social, organizational and within the digital environment; organizational culture, identity, image and reputation; new ambiance afforded by communication in cyberspace.Through the Case Study of the Votorantim Group and the companies that make up the business: Votorantim Industrial - Votorantim Cement, Votorantim Metals, Votorantim Steel, Votorantim Energia, Fibria and Citrosuco -, we attempted to find out whether organizations have used their corporate portals to broadcast their Institutional Memory practices in order to see, if there is an (inter) relationship between the elements of organizational identity and the content over the existing theme in those places, and show what discursives strategies types of speech are being adopted. The results unveil the potential of Corporate Portals as institutional memory of place, but reveal, on the other hand that these spaces are still poorly used. This research concludes, therefore, that this area of study may represent an extension of the field for professionals in Organizational Communication and Public Relations.
URI: http://hdl.handle.net/10923/8105
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000478182-Texto+Completo.pdfTexto Completo7,95 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.