Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/8921
Type: doctoralThesis
Title: Um longa na cabeça e (bem) menos de R$ 1 milhão na conta: estudo sobre a produção e a circulação do cinema de baixo orçamento no Rio Grande do Sul
Author(s): Ruy, Karine dos Santos
Advisor: Gerbase, Carlos
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2016
Keywords: INDÚSTRIA CINEMATOGRÁFICA - BRASIL
CINEMA - RIO GRANDE DO SUL
POLÍTICA CULTURAL
COMUNICAÇÃO
Abstract: Esta tese tem como linha de investigação central o cinema de baixo orçamento brasileiro. Como recorte para a análise, selecionamos sete longas-metragens (A última estrada da praia, Castanha, Dromedário no Asfalto, Sobre sete ondas verdes espumantes, Morro do Céu, Menos que Nada e O Liberdade) realizados no Rio Grande do Sul e lançados comercialmente entre 2011 e 2015. A pesquisa entende como cinema de baixo orçamento os filmes de longa-metragem com custo máximo de R$ 1 milhão. Esse recorte foi estipulado a partir de faixas orçamentárias abrangidas por políticas públicas de fomento ao cinema, em especial o edital para Longas de Baixo Orçamento da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (Minc). O trabalho procura entender quais os modos de produção e circulação específicos dos filmes de baixo orçamento, em especial aqueles apreendidos pelo corpus da análise. Nesse processo, partimos de uma contextualização teórica baseada nos aportes dos estudos de economia da cultura, da economia do cinema e do cinema brasileiro, assim como de mapeamentos de políticas públicas de fomento ao setor e dados mercadológicos que nos permitiram elaborar o panorama no qual está inserido o cinema de baixo orçamento do Rio Grande do Sul.Para o estudo dos filmes selecionados, utilizamos entrevistas presenciais semi-estruturadas com os realizadores, as quais nos permitiram acessar as memórias de produção dos filmes e informações significativas para a compreensão da prática do cinema de baixo orçamento em um contexto regional. Identificamos, nessa análise, que o cinema “B. O. ” sul-rio-grandense é marcado, entre outras características, pela utilização de equipes enxutas e similares de acordo com o núcleo de produção, pelo caráter profissional dos realizadores, a maioria oriunda ou ainda vinculada academicamente aos cursos superiores da área audiovisual; pela flexibilização das relações de trabalho e pela captação de recursos em etapas, com maior dificuldade concentrada na fase da finalização.
The central theme of investigation for this paper is the Brazilian low-budget film industry. As a sample for analysis, we selected a group of seven feature films (A última estrada da praia, Castanha, Dromedário no Asfalto, Sobre sete ondas verdes Espumantes, Morro do Céu, Menos que Nada and O Liberdade), produced in Rio Grande do Sul and commercially released between 2011 and 2015. The study considers the low-budget film industry to encompass feature films with a maximum cost of BRL 1 million. This sample was stipulated based on the budget ranges covered by public policies for film-industry development, specifically the public notice for Low-Budget Feature Films from the Ministry of Culture's Audiovisual Secretariat. The paper sought to unveil the specific production and circulation methods for low-budget films, especially those covered by the scope of analysis. In this process, we began with a theoretical contextualization based on the investments from studies on the cultural economy, the film-making economy and the Brazilian film industry, while also mapping public policies for the development of the industry and market data that allowed us to outline the panorama in which the low-budget film industry of Rio Grande do Sul is inserted.For the study of selected films, we employed on-site, semi-structured interviews with the producers, which provided us with access to production records for the films and significant information in understanding the practice of low-budget film-making within a regional context. In this analysis we noted that, among other characteristics, the low-budget film industry of Rio Grande do Sul is punctuated by the use of smaller and similar teams in accord with the production unit, the professional character of the producers, the majority of whom originate or are still academically linked to higher education audiovisual programs; by the flexibility in work relationships and by capturing resources in stages, with the greatest difficulties faced in the finalization phase.
URI: http://hdl.handle.net/10923/8921
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000480322-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,32 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.