Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/935
Type: masterThesis
Title: Análise da densidade óssea e da atenuação do feixe de raios X nos tecidos moles, em mandíbula de coelhos submetidos à lasertarapia, durante a distração osteogênica
Author(s): Cenci, Rodrigo Alberto
Advisor: Oliveira, Marília Gerhardt de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Issue Date: 2012
Keywords: ODONTOLOGIA
TRAUMATOLOGIA BUCOMAXILOFACIAL
OSTEOGÊNESE POR DISTRAÇÃO
LASER - ODONTOLOGIA
TOMOGRAFIA
RADIAÇÃO
Abstract: INTRODUÇÃO: A tomografia computadorizada do tipo Cone-beam (TCCB) fornece informações detalhadas sobre a qualidade e a quantidade de osso neoformado pela distração osteogênica (DO). Permite mensurar a densidade do osso alongado, por meio da avaliação dos tons de cinza. Desta forma, pode-se realizar uma análise quantitativa da densidade óssea, dimensionando a atenuação dos feixes de raios X pelos tecidos moles nas imagens. OBJETIVOS: Avaliar, por intermédio da TCCB, o osso mandibular neoformado em mandíbulas de coelhos submetidos à DO, sob efeito biomodulatório da irradiação por laser infravermelho AsGaAl (λ=830 nm, 40 mW), aplicado durante a fase de ativação do aparelho distrator. A área da distração é avaliada pelos níveis de cinza das imagens, observando também a influência dos tecidos moles na atenuação dos feixes de raios X. MATERIAIS E MÉTODOS: Dez coelhos foram utilizados (dois grupos experimentais e um grupo controle). Os grupos experimentais foram submetidos à DO e à terapia a laser de baixa potencia (LLLT). Os coelhos do grupo experimental A foram mortos após 11 dias do início da DO e os coelhos do grupo experimental B, mortos após 21 dias do início da DO. Os 10 coelhos foram submetidos a tomografia com tecidos moles e posteriormente dissecados e submetidos a tomografia sem tecidos moles. Assim, foi possível analisar a influência dos tecidos moles em coelhos submetidos à DO na atenuação dos feixes de raios X e, consequentemente, na diminuição dos valores de níveis de cinza observados na imagem tomográfica. RESULTADOS: A presença dos tecidos moles aumenta a atenuação dos feixes de raios X contribuindo na diminuição dos valores de níveis de cinza, observados na imagem do tecido ósseo em 3D, na mandíbula dos 10 coelhos submetidos a tomografia, antes e após a remoção dos tecidos moles. A área das mandíbulas submetidas à distração apresentaram valores superiores de cinza, nos coelhos mortos após 21 dias do início da DO. CONCLUSÕES: Com tomógrafos do tipo Cone-beam, foi possível avaliar a variação da densidade óssea em áreas submetidas à DO. A presença dos tecidos moles contribui na diminuição dos valores de níveis de cinza observados nas imagens do tecido ósseo dos 10 coelhos em 3D. Isto ocorre devido à absorção do feixe de raios X pelos tecidos moles submetidos a tomografia. Também observou-se que a densidade óssea na área da distração, visualizada na tomografia, aumenta proporcionalmente ao período de maturação óssea ocorrido após a fase de ativação da DO, conforme observação dos valores de cinza obtidos.
INTRODUCTION: Cone-beam computed tomography (CBTC) provides detailed information about the amount and quality of new bone formed during distraction osteogenesis (DO). The density of the lengthened bone is measured based on different levels of gray found in the images. The use of CBTC therefore allows to perform a quantitative analysis of bone density and, thus, to measure the level of X-ray attenuation by soft tissues. OBJECTIVES: To assess, via CBTC, newly formed bone in mandibles of rabbits treated with DO under the biomodulating effects of AsGaAl infrared laser radiation (λ=830 nm, 40 mW), applied during the activation phase. The distracted area was assessed based on the gray levels shown on images and observing the influence of soft tissues on X-ray attenuation. MATERIALS AND METHODS: Ten rabbits were used (two experimental groups and one control group). The two experimental groups were treated with DO and low-level laser therapy. Rabbits in experimental group A were killed 11 days after the beginning of DO, and those in experimental group B, after 21 days of DO. CBTC images were obtained from the mandibles of the ten rabbits with soft tissues and subsequently (after dissection) without soft tissues. This comparison allowed to analyze the influence of soft tissues on X-ray attenuation, and consequently on the decrease in gray levels observed in the tomographs of rabbits treated with DO. RESULTS: The presence of soft tissues increased X-ray attenuation, resulting in a decrease in the levels of gray observed in three-dimensional CBCT images of mandibular bone tissue of the rabbits before and after soft tissue removal. The area of the mandibles treated with DO presented higher levels of gray in rabbits killed at 21 days. CONCLUSIONS: CBCT allowed to assess bone density variation in areas treated with DO. The presence of soft tissues contributes to decrease the levels of gray in three-dimensional CBCT bone tissue images of the ten rabbits assessed. This occurs due to the absorption of X-rays by soft tissues studied by tomography. We found that bone density in the area treated with DO, as observed on tomography, increased in direct proportion to the bone maturation period after the activation phase in DO, based on the gray levels observed.
URI: http://hdl.handle.net/10923/935
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
438173.pdfTexto Completo1,81 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.