Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/9515
Tipo: doctoralThesis
Título: Qualidade motivacional para a profissionalidade docente na educação superior
Autor(es): Barros, Lívia de Melo
Orientador: Santos, Bettina Steren dos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Data de Publicação: 2016
Palavras-chave: MOTIVAÇÃO (EDUCAÇÃO)
PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
ENSINO SUPERIOR
EDUCAÇÃO
Resumo: Motivation in the educational field has been a consolidated topic by several studies. However, specifically on teaching motivation, we can observe the bibliographical research, that there are very few studies that approach such a topic. Therefore, the teaching motivation is regarded an emerging topic that passes by the motivation on Education. It is ascribed to the professor the duty of motivating the students as well as the effectiveness of the teaching and learning process. Studies many times ignore the aspects which motivate the professor. Thats why, the current thesis had as a general goal to spot motivational aspects and how they impact both the motivational quality and professional level of the teachers of a private institution in the northeast of Brazil. Having as specific goals: verify how motivational aspects interfere in the professional level of the teacher; analyse emerging motivational aspects and the impact in the motivational quality since the continuum of the Theory of Self-determination; connect the sex and the time in the teaching with motivational aspects and professional level of college students. In order to do that, we have used the qualitative method, for data collection we have applied a social-demographical quiz and narrative interviews, with twelve professors of a private college, the sample has been defined by saturation. Narrated interviews have been fully transcribed and analysed by the Discourse Textual Analysis (MORAES; GALIAZZI, 2007). Results have been divided in four categories: personal aspects (the job persistence, passion for teaching, vanity protagonist- professor, curiosity, power investiment (gas)); interpersonal relationships (students, managers and workmates Relationships); professional levels principles (social commitment, people formation, professional development) and contextual aspects (income, workload variation, overcrowded rooms and voice loss, physical limitation).These categories provide motivational aspects that interfere in the teaching professional level and that have been related to the motivational quality as far as teaching is concerned. Henceforth we have identified that men have a higher persistence and connection to teaching, whereas women have a discourse that they are intrinsically motivated, but women have lower persistence in the classroom, once they intend to get into graduate stricto-sensu courses in order to reduce the workload in the classroom and have greater availability for research. Besides, during the results analysis “the research” has appeared as the goal and major motivation behind teaching, many professors are as professors, however they intend to be researches. This data has shown that despite the professor be framed by the tripod: teaching-research-extension, the interviewed teachers slightly realize these three characteristics related to the teaching professional level, only being the teaching or the research regarded as motivational aspects of the teaching, none of the interviewed professors who recognised the extension knew the extension as motivational aspect. As for the motivational quality, just an interview had a low motivational quality relating to the professional level quality, which had been ratified not only through the narrated interviewed as well as the abandonment of the professor to the teaching. Furthemore, we understand that it is not enough to know motivational aspects related to the professional teaching level, it is essential that this knowledge be translated in pedagogical practices that provide a better psychological well being both to the professors and students.
A motivação no âmbito educacional é uma temática consolidada por vários estudos. Todavia, especificamente sobre a motivação docente, observamos durante a pesquisa bibliográfica, que são ínfimos os estudos que abordam o referido tema. Dessa forma, a motivação docente é considerada uma temática emergente que perpassa a motivação na Educação. Ao professor é atribuída a responsabilidade de motivar os estudantes e a efetivação do processo de ensino e de aprendizagem. Os estudos muitas vezes desprezam os aspectos que motivam o professor. Por isso, a presente tese teve como objetivo geral identificar os aspectos motivacionais e como os mesmos impactam na profissionalidade e na qualidade motivacional dos docentes universitários de uma instituição privada situada no nordeste do Brasil. Tendo como objetivos específicos: verificar como os aspectos motivacionais interferem na profissionalidade do docente universitário; analisar os aspectos motivacionais emergentes e o impacto na qualidade motivacional a partir do continuum da Teoria da Autodeterminação; relacionar o sexo, o tempo na docência e a área de atuação com a qualidade motivacional e a profissionalidade dos docentes universitários. Para isso, utilizamos o método qualitativo, para a coleta de dados aplicamos o questionário sóciodemográfico e entrevistas semiestruturadas, com doze professores de uma universidade privada, a amostra foi definida por saturação. As entrevistas foram transcritas na íntegra e analisadas a luz da Análise Textual Discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2007). Os resultados foram divididos em quatro categorias: aspectos pessoais (a persistência na profissão, paixão por ensinar, vaidade professor- protagonista, curiosidade, investimento de energia (gás)); relacionamentos interpessoais (Relação com alunos, gestores e colegas); princípios da profissionalidade (compromisso social, formação de pessoas, desenvolvimento profissional) e aspectos contextuais (remuneração, oscilação de carga horária, salas superlotadas e perda da voz, limitação física). Essas categorias originaram os aspectos motivacionais que interferem na profissionalidade docente e que foram relacionados à qualidade motivacional em relação à docência. Com isso, identificamos que os homens possuem uma maior persistência e engajamento na docência, enquanto que as mulheres possuem um discurso de que são motivadas intrinsecamente, porém as mulheres possuem uma menor persistência em sala de aula, uma vez que algumas docentes pretendem ingressar em pós-graduação stricto-sensu a fim de reduzir a carga horária em sala de aula e ter uma maior disponibilidade para a pesquisa. Além disso, durante análise dos resultados “a pesquisa” emergiu como o objetivo e motivação maior por trás da docência, muitos professores estão como professores, no entanto eles pretendem ser pesquisadores. Esse dado demonstrou que apesar do professor universitário ser constituído pelo tripé: ensino-pesquisa-extensão, os docentes entrevistados percebem de modo fragmentado essas três características relativas à profissionalidade docente, sendo apenas o ensino ou a pesquisa considerados aspectos motivacionais da docência, nenhum dos entrevistados reconheceram a extensão como aspecto motivacional. Em relação a qualidade motivacional, apenas uma entrevistada possuía uma baixa qualidade motivacional em relação a profissionalidade docente, que foi ratificada não apenas através da entrevista como também pelo abandono da docência pela professora. Assim, entendemos que não basta conhecer os aspectos motivacionais relacionados a profissionalidade docente é fundamental que esse conhecimento seja traduzido em práticas pedagógicas que propiciem um melhor bem-estar psicológico aos professores e aos estudantes.
URI: http://hdl.handle.net/10923/9515
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000481729-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,46 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.