Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/9551
Type: doctoralThesis
Title: Passo Fundo e a construção do imaginário de capital do planalto: comemoração, memória, visualidade e políticas públicas
Author(s): Knack, Eduardo Roberto Jordão
Advisor: Monteiro, Charles
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em História
Issue Date: 2016
Keywords: MEMÓRIA
IMAGINÁRIO
PASSO FUNDO (RS) - HISTÓRIA
POLÍTICAS PÚBLICAS
HISTÓRIA
Abstract: This work aims to study Passo Fundo's centenary celebration and the construction of plateau capital imaginary in 1957. A group of authors such as François Hartog, Joël Candau, Fernando Catroga, Michel de Certeau, Bronislaw Baczko among others, constitute the framework adopted to achieve the proposed goals. When the celebration of the 100th anniversary took place, the people responsible for its organization supported a political and economic project for the city: to claim the city as a regional center of the middle plateau region of Rio Grande do Sul based on agribusiness developmment and urban growth. To achieve this goal those responsible for the celebration used different devices, such as commemorative publications (of history, literature, tourist guides and a special edition of a local newspaper), post cards, celebrations, expositions, parades, urban interventions, among others. Thus it is important to explain who the individuals engaged in the organization of celebrations were and how they were engaged in that context. It were identified groups of local intellectuals (who supported the centenary celebrations through a foundation of a study centre which would become later the Historical Institute of Passo Fundo; many of its members joined also the Letters Association of Passo Fundo) and groups of political and economic leadership (the mayor, who was also envolved in the cultural institutions with the councilors, deputies, traders and industrialists). Therefore, the main goal of this researche is to clarify the relations among the celebrations, the literary and historical productions (that affected the frontiers between history and memory), the formation of urban visuality and the imaginary of Passo Fundo as a plateau capital, which influenced the urban planning of the city and left consequences that are visible in the city in the 21st century.
O presente trabalho tem como objeto de estudo problematizar as relações entre história, memória e políticas públicas nas comemorações do centenário de Passo Fundo e a elaboração do imaginário de capital do planalto em 1957. Um conjunto de autores, como François Hartog, Joël Candau, Fernando Catroga, Michel de Certeau, Bronislaw Baczko entre outros, constituem o referencial adotado para alcançar os objetivos propostos. Durante a celebração do aniversário dos cem anos do município, os organizadores dos festejos defenderam um projeto político e econômico para a cidade: afirmá-la como um centro regional do planalto médio rio-grandense com base no desenvolvimento da agroindústria e no crescimento urbano. Para legitimar esse objetivo, lançaram mão de diferentes instrumentos, como publicações comemorativas (de história, literatura, guias turísticos e uma edição especial de um dos jornais locais), cartões-postais, festividades, exposições, desfiles, intervenção urbana, entre outros. Nesse sentido, é importante elucidar quem eram os sujeitos envolvidos na organização das comemorações e como estavam articulados naquele contexto. Foram identificados grupos compostos por intelectuais locais (que iniciaram uma campanha em prol das comemorações do centenário, fundando um centro de estudos que posteriormente se tornaria o Instituto Histórico de Passo Fundo; muitos de seus membros também integravam o Grêmio de Letras passo-fundense) e por lideranças políticas/econômicas (o prefeito na época, que também circulava entre as instituições culturais, liderava a comissão organizadora, juntamente com vereadores, deputados, comerciantes e industrialistas). Dessa forma, a principal questão que essa pesquisa objetiva esclarecer são as relações entre as comemorações, as produções literárias e históricas (que afetaram as fronteiras entre história e memória), a formação de uma visualidade urbana e o imaginário de Passo Fundo como capital do planalto, que influenciou o planejamento urbano do município, deixando consequências que podem ser identificadas na cidade em pleno século XXI.
URI: http://hdl.handle.net/10923/9551
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000480984-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo10,32 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.