Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/9556
Tipo: masterThesis
Título: Da "consciencialização" à "democracia": a historicidade na interpretação de Onésimo Silveira sobre a identidade nacional em Cabo Verde
Autor(es): Miranda, Luis Marcelo da Silva
Orientador: Paredes, Marçal de Menezes
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em História
Fecha de Publicación: 2016
Palabras clave: IDENTIDADE NACIONAL
CABO VERDE - HISTÓRIA
HISTÓRIA
Resumen: This research aims to analyze the historicity in interpreting of Onesimo Silveira on national identity in Cape Verde, based on the comparative study of two of his books:"Consciencialização na literatura caboverdiana" and "A Democracia em Cabo Verde". To do so, initially we studied the phenomenon of formation of nations and nationalisms in the European and African context, with a case study on the specificity of Cape Verdean case. After this stage, we contextualize the historical moment of the two works of reference, the first written in 1963, during the struggle for decolonization of African countries where Portuguese is the official language, and the second, written forty-two years later, during the last year of the author in the Cape Verde ambassador condition in Portugal. The last stage of this analytical work is a debate about the historicity of thought of Onésimo Silveira in the two works, regarding the discussion about national identity in Cape Verde, taking in to account both historical categories "space of experience" and "horizon of expectation", proposed by Reinhart Koselleck.
Este trabalho de pesquisa tem como objetivo analisar a historicidade na interpretação de Onésimo Silveira sobre a identidade nacional em Cabo Verde, com base no estudo comparativo de dois de seus livros: “Consciencialização na literatura caboverdiana” e “A Democracia em Cabo Verde”. Para tanto, inicialmente estuda o fenômeno da formação das nações e dos nacionalismos, no contexto europeu e africano, com um estudo de caso sobre a especificidade do caso caboverdiano. Após essa etapa, contextualiza o momento histórico das duas obras de referência, a primeira escrita em 1963, durante a luta pela descolonização dos países africanos de língua oficial portuguesa, e a segunda, escrita quarenta e dois anos depois, durante o último ano do autor na condição de embaixador de Cabo Verde em Portugal. A última etapa analítica deste trabalho consiste em um debate acerca da historicidade do pensamento de Onésimo Silveira nas duas obras, no que tange a discussão sobre a identidade nacional em Cabo Verde, levando-se em conta para tanto as categorias históricas “espaço de experiência” e “horizonte de expectativa”, propostas por Reinhart Koselleck.
URI: http://hdl.handle.net/10923/9556
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000481836-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,42 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.