Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/9565
Tipo: masterThesis
Título: Telessaúde: avaliação de radiografias por dispositivos móveis do terço médio da face em CTBMF
Autor(es): Zanella, Thiago Aragon
Orientador: Heitz, Cláiton
Oliveira, Helena Willhelm de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2016
Palavras-chave: TELEMEDICINA
FRATURAS ÓSSEAS
TELERRADIOGRAFIA - ANÁLISE
ODONTOLOGIA
Resumo: Introduction: The first objective of telehealth is to promote contact between doctor and patient for the population in distant locations witch would not receive this medical attention otherwise. Telemedicine reduces time and distance in communication between patient and health professional. With the creation e mass use of smartphones due to their low cost and great public, various communication applications were created, the main one being WhatsApp messenger. With all these advances the potential for health evaluation greatly increased e new studies are necessary for validation of these technologies. Objective: Evaluate de use of mobile devices (smartphones) in the acquisition of photographs of radiographic films e their validation in interpretation for diagnosis of midface fracture (Waters view) in different remote instruments (tablets and smartphones). Methods: Forty occiptomental radiographs were selected and photographed in a lightbox by a mobile device (smartphone). The images where then sent to another smartphone through the WhatsApp application and to a tablet through e-mail. The evaluators were questioned about the presence of fracture and its location in both mobile devices and by the conventional method on the lightbox. Results: Both devices presented significant sensibility and specificity predicting positive and negative values. There was excellent agreement between two observers e medium for one observer. The tablet presented better results in the interpretation of the images. Conclusion: The use of the tablet for interpretation of the images send through e-mail (original size) obtained better results. Although the compression of the images fulfilled by the WhatsApp app the smarphone can be used for interpretation of mid face fractures.
Introdução: O primeiro objetivo da Telemedicina foi promover o contato entre médico e paciente para populações em locais remotos que não receberiam essa atenção de outra maneira. A telemedicina proporciona redução do tempo e da distância na comunicação entre paciente e profissional. Com a criação e massificação do uso de smartphones devido ao seu custo acessível ao grande público, diversos aplicativos de comunicação foram desenvolvidos entre eles se destaca o WhatsApp Messenger. Houve um aumento do potencial para avaliação da saúde em consequência aos grandes avanços, tornando necessário a realização de novos estudos para que a tecnologia seja validada. Objetivo: Avaliar a utilização de dispositivo móvel (smartphone) na aquisição de fotografias de filmes radiológicos e sua validação interpretativa para diagnóstico de fraturas de terço médio da face (Waters) em diferentes instrumentos remotos (tablet e smarphone). Metodologia:. Foram selecionadas 40 radiografias, extra-orais, póstero-anteriores, naso- mento (Waters) que foram colocadas em um negatoscópio e fotografadas utilizando um dispositivo móvel (smartphone). As imagens então foram enviadas para outro smartphone através do aplicativo WhatsApp e para um tablet por e-mail. Os avaliadores foram questionados sobre presença de fratura e localização da fratura nos dois dispositivos e pelo método convencional no negatoscópio. Resultados: Ambos os dispositivos apresentaram significante sensibilidade e especificidade predizendo consideravelmente valores positivos e negativos. Houve excelente concordância entre dois avaliadores e mediana para um dos avaliadores. Tablet apresentou melhor resultado na interpretação das imagens. Conclusão: A utilização do dispositivo Tablet para interpretação das imagens enviadas por e-mail (tamanho original) obteve os melhores resultados. Apesar da compressão das imagens realizada pelo WhatsApp o smartphone pode ser utilizado para interpretação de fraturas do terço médio da face.
URI: http://hdl.handle.net/10923/9565
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000481401-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo588,98 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.