Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10284
Tipo: doctoralThesis
Título: Os processos identitários do professor: quais os sentidos atribuídos a suas práticas educativas e a sua formação profissional em universidades públicas e privadas do município de Aracaju/SE?
Autor(es): Rodrigues, Ana Beatriz Garcia Costa
Orientador: Stobäus, Claus Dieter
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Fecha de Publicación: 2016
Palabras clave: PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
PROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
PRÁTICA DE ENSINO
ENSINO SUPERIOR
EDUCAÇÃO
Resumen: Esta pesquisa tem como objetivo analisar, através de histórias de vida de docentes que atuam em duas Universidades, uma pública e uma privada, em Aracaju-SE, os processos identitários pessoal e profissional e os sentidos atribuídos por eles às suas práticas educativas. Não consideramos aqui a identidade como algo estático, imóvel, mas sim como um processo móvel, fluido e multifacetado. No Referencial Teórico, optou-se por um caminho fundamentado no conhecimento psicológico e sociológico sobre a identidade, com base nos pressupostos teóricos de Identidade Narrativa de Paul Ricoeur. Buscou-se, nas narrativas dos docentes, compreender como as práticas profissionais e demandas institucionais influenciam os seus processos identitários. Para tanto, utilizou-se a Entrevista Narrativa para desvelar a formação e a atuação docente em docentes de universidades públicas e privadas do estado de Sergipe, trazendo a luz as escolhas, os significados e os desafios enfrentados em seus processos de formação e de construção da identidade docente. Assim foram utilizadas as seguintes questões norteadoras: Como se constitui a identidade dos docentes do ensino público e privado das instituições de ensino superior? Como esses professores constroem suas práticas nas esferas pública e privada das IES? Como as realidades e as demandas dessas instituições interferem na construção da identidade desse professor? Quais as principais fontes de Mal-estar e Bem-estar nas instituições públicas e privadas? A análise das entrevistas foram baseadas nos pressupostos teóricos de Paul Ricouer, especificamente no conceito e teorizações acerca daIdentidade narrativa. Foi possível observar que as vivências da docência na esfera pública e privada são muito diferentes, pois as demandas e perfis institucionais são díspares.Assim, verificou-se, na esfera privada, que as narrativas dos docentes incluíram aspectos que se relacionam de maneira direita e/ou indireta à lógica capitalista do ensino superior, presente nas instituições particulares. Na esfera pública, foram encontrados relatos referentes à grande demanda burocrática, às competições acirradas entre colegas. A partir da análise, foram elaboradas as seguintes categorias: A escolha em ser docente; a construção das práticas docentes e a Relação entre as práticas docentes e a construção da identidade desses professores. Nas discussões elaboradas, ao analisar o processo identitário dos docentes, percebe-se que a fluidez e mobilidade da identidade de cada um se manifesta nas necessidades constantes de adaptações e readaptações que o meio lhes impõe. Dessa maneira, as interfaces entre a as práticas docentes, os contextos institucionais e a identidade docente estão presentes em todos os trechos narrativos analisados neste trabalho. As estratégias utilizadas para lidar com as demandas institucionais e sociais, os significados atribuídos a suas práticas profissionais e a suas vivências pessoais, as reflexões e ressignificações são resultantes das transformações identitárias por ele sofridas.
This research aims to analyze, through life stories of professors who work in two universities, one public and one private, in Aracaju-SE, the personal and professional identity processes and the meanings attributed by them to their educational practices. We do not consider here the identity as static, motionless, but as a mobile, fluid and multifaceted process. In Theoretical we opted for a reasoned way in the psychological and sociological knowledge about the identity and the theoretical assumptions of Paul Ricoeur´s Narrative Identity. We sought, in the narratives of the professors, to understand how professional and institutional demands practices influence their identity processes. For this, we used the narrative interview to unveil training and teaching activities in professors from public and private universities in the state of Sergipe, bringing to light the choices, the meanings and the challenges faced in their formation processes and the construction of the teacher identity. Thus the following guiding questions were used: how is the identity of the public and private school professors constituted in higher education institutions? How do these professors build their practices in public and private spheres of IES? How do the realities and demands of these institutions interfere in the building of this professor identity? What are the main sources of malaise and welfare in public and private institutions? Analysis of the interviews were based on theoretical assumptions of Paul Ricoeur, specifically the concept and theories about narrative identity. It was observed that the teaching of experiences in the public and private spheres are very different, because the demands and institutional profiles are disparate.Thus, it was found in the private sphere that the narratives of professors included aspects that relate directly and/or indirectly to the capitalist logic of the present higher education in private institutions. In the public sphere, there have been reports regarding the great bureaucratic demand and the fierce competition between colleagues. From the analysis using Ricoeur, the following categories were developed: The choice to be teaching; the construction of the teaching practices and the relationship between the teaching practices and the construction of the identity of these professors. In elaborate discussions, it is clear that the identity processes of these professors, that the fluidity and mobility of the identity of each, is manifested in the constant needs of adjustments and readjustments that the environment imposes on them. Thus, interfaces between teaching practices, institutional contexts and teacher identity are present in all the narrative passages analyzed in this work. The strategies used to deal with the institutional and social demands, the meanings attributed to their professional and their personal experiences practices, reflections and reinterpretation are the result of identity transformations undergone by these professors.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10284
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000483790-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,63 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.