Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/10286
Type: masterThesis
Title: Voluntariado e engajamento: estudo sobre motivações a partir de uma perspectiva fenomenológica
Author(s): Medeiros, Luísa de Lemos
Advisor: Santos, Hermílio
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Issue Date: 2017
Keywords: VOLUNTARIADO
FENOMENOLOGIA
SERVIÇO SOCIAL
Abstract: O presente trabalho tem o objetivo de contribuir com as discussões e análises sobre o voluntariado, especialmente a respeito das razões que levam pessoas ao engajamento nas atividades e em grupos de voluntariado. Após uma revisão das abordagens sobre o tema disponíveis em pesquisas e trabalhos acadêmicos, foi possível colocar uma lente fenomenológica sobre o assunto. Com isso, buscou-se revelar como são construídos, ao longo da biografia, os motivos por que do engajamento ao voluntariado. Por meio da metodologia de narrativa biográfica proposta por Fritz Schütze a partir dos pressupostos teóricos da fenomenologia de Alfred Schütz e sistematizada por Grabriele Rosenthal, foram realizadas cinco entrevistas com voluntários que atuam de forma contínua e periódica em instituições de saúde. Para melhor delimitar a reconstrução da vida narrada, optou-se pela análise aprofundada da história de vida narrada pelo voluntário Lucas. Ao percorrer os passos da análise, foi possível chegar à relevância, na biografia de Lucas, de valores como a solidariedade – fortemente ligado às relações familiares e às experiências da infância. Em um momento de crise pessoal, o entrevistado opta pelo engajamento em atividades de voluntariado. Mapear as motivações de Lucas – a partir da bagagem de conhecimento encontrada na revisão da literatura e nas entrevistas anteriores – possibilitou uma contribuição efetiva para um melhor entendimento dos fatores que envolvem e motivam o voluntário em seu trabalho.
This work aims to contribute to discussions and analyzes about volunteering, especially about the reasons that lead people to engage in activities and volunteer groups. After a review of the available approaches in researches and academic works, it was possible to put a phenomenological lens on the subject. With this, it was tried to reveal how are constructed, throughout the biography, the reasons why the engagement to the volunteer. Through the biographical narrative methodology proposed by Fritz Schütze from the theoretical presuppositions of Alfred Schütz's phenomenology and systematized by Grabriele Rosenthal, five interviews were conducted with volunteers who works continuously and periodically in health institutions. To better define the reconstruction of the life narrated, we opted for the in-depth analysis of the life story narrated by the volunteer Lucas. After passing through the steps of analysis, it was possible to arrive at the relevance in Lucas' biography of values such as solidarity - strongly linked to family relationships and childhood experiences. In a moment of personal crisis, the interviewee opted for volunteering. Mapping Lucas' motivations - from the baggage of knowledge founded in the literature review and previous interviews - makes an effective contribution to a better understanding of the factors that involve and motivate the volunteer in his work.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10286
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000483782-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo805,33 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.