Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1035
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação da centralização do preparo do canal radicular e da fadiga do instrumento comparando três sistemas rotatórios de níquel-titânio
Autor(es): Bürgel, Marília Ostermann
Orientador: Pelisser, Fabiana Vieira Vier
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
ENDODONTIA
CANAL RADICULAR
MICROSCOPIA ELETRÔNICA
TOMOGRAFIA
Resumo: Introdução: Este estudo in vitro avaliou a capacidade de centralização do preparo, bem como o desgaste distorção e a fratura de três tipos de instrumentos rotatórios de níquel-titânio (Ni-Ti) – Wizard CD Plus (WP), Wizard Navigator (WN) e BioRace(BR). Metodologia: Foram utilizadas 90 raízes mésio-vestibulares (MV) de primeiros molares superiores (1ºs MS) e 10 conjuntos de cada tipo de instrumento rotatório. A sobreposição de imagens tomográficas de feixe cônico pré e pós-instrumentação avaliaram a capacidade de centralização do preparo, a 2,0, 4,0, 6,0 e 8,0mm do ápice. Os instrumentos foram avaliados em microscopia eletrônica de varredura (MEV), antes e após até o terceiro uso, na sua ponta e a 5mm desta. Os dados foram analisados pelo Teste de Kruskal-Wallis, complementado pelo Teste de Tukey (P<0.05). Resultados: Houve transporte do canal radicular em todos os grupos, não havendo diferença estatística entre os mesmos (P>0.05). Não houve fratura e distorção a 5mm da ponta nos instrumentos analisados. O grupo BR apresentou mais distorção na ponta do instrumento do que o grupo WP (P=0,011). Houve mais desgaste do instrumento no grupo WP do que no BR (P<0,001). Ocorreu aumento progressivo da distorção na ponta do instrumento e do desgaste em relação ao uso no grupo BR (distorção P=0,026 e desgaste P<0,001), assim como do desgaste no grupo WP (P<0,001). Conclusão: Nenhum dos sistemas rotatórios empregados foi capaz de proporcionar preparos centralizados e o uso progressivo dos instrumentos aumenta a ocorrência de distorção e desgastes em sua topografia.
Introduction: This in vitro study evaluated the capacity of centralization of the preparation, as well as the wear, distortion and fracture of three rotary nickel-titanium (Ni-Ti) systems – Wizard CD Plus (WP), Wizard Navigator (WN) and BioRace(BR). Methodology: Were used 90 mesiobuccal roots (MV) of first upper molars (MS). The overlap of tomographic images before and after instrumentation was used to evaluate the transport of the preparation, at 2.0, 4.0, 6.0 and 8.0 mm from the apex. The instruments were observed by SEM before and after the third use, at its tip and at 5 mm of it. The data were analyzed by Kruskal-Wallis, complemented by Tukey test (P<0.05). Results: There was transport of the root canal in all groups, with no statistical difference between them (P> 0.05). There was no fracture and distortion at 5mm from the tip of the instruments. The group BR exhibited more distortion at the tip than the group WP (P = 0.011). There was more wear of the instrument in the group WP than in the BR (P <0.001). There was a progressive increase in distortion at the tip (P = 0.026) and of the wear (P <0.001) compared to the use in the group BR, as well as the wear in the group WP (P<0.001). Conclusion: None of the rotary systems employed was able to provide centralized preparation and the progressive use of the instruments did not favor the occurrence of fracture despite having increased the occurrence of distortion and wear.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1035
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
438761.pdfTexto Completo1,09 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.