Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10360
Tipo: doctoralThesis
Título: Tradição e transformação: discursos masculinos sobre as novas configurações no ambiente militar
Autor(es): Kohn, Kelly Cristina
Orientador: Strey, Marlene Neves
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: RELAÇÕES DE GÊNERO
MILITARES - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
EXÉRCITO - BRASIL
PSICOLOGIA SOCIAL
Resumen: A presente tese propõe uma análise crítica do ingresso das mulheres no Exército Brasileiro, a partir dos discursos de homens militares, procurando destacar as relações de gênero e como se configuram as masculinidades no ambiente militar. Objetivo: Compreender como as novas configurações do ambiente militar incidem sobre os discursos de homens participantes do Exército. Método: Foram realizados três estudos com enfoque qualitativo e delineamento descritivo-exploratório e utilizada a Análise Crítica de Discurso para a análise dos dados. O Estudo 1 analisou como as masculinidades são retratadas no ambiente militar, descrevendo as principais características apontadas como descritoras dos homens militares a partir de entrevistas com 15 homens militares e das anotações de um Diário de Campo. O Estudo 2 discutiu como as novas configurações no ambiente militar incidem sobre os discursos de homens militares, compreendendo as relações de gênero que se estabelecem e a sua percepção sobre a inserção das mulheres no Exército a partir de entrevistas semiestruturadas com 15 homens militares. O Estudo 3 teve a finalidade de problematizar sobre o lugar das mulheres no âmbito militar, em especial o Exército Brasileiro, discorrendo sobre as mulheres militares, com base nas vivências da primeira autora e em anotações de um Diário de Campo. Resultados: Observou-se uma sincronia entre os resultados dos 3 estudos em diversos aspectos. Os valores institucionais apreendidos através de rituais cotidianos reforçam práticas de masculinidades que através dos discursos dos homens militares reiteram estereótipos de gênero. Além disso, o ingresso das mulheres no ambiente militar trouxe mudanças nos relacionamentos dentro da instituição, ainda que permeados por relações de poder.Considerações finais: Ainda que o processo de ingresso das mulheres no Exército Brasileiro esteja em andamento, foi possível perceber entre os homens militares práticas discursivas igualitárias e receptivas às mulheres, mas receosas das mudanças que estão por vir. Alguns discursos ocultos de inaptidão das mulheres para o serviço militar foram percebidos, justificados pela parte física e biológica. Entretanto, mesmo uma instituição que tem em sua maioria homens, possibilita processos igualitários às mulheres possibilitando cada vez mais espaços de atuação.
This thesis consists in a critical analysis of the entrance of women in the Brazilian Army, through military men’s speeches; seeking to highlight gender relations and how masculinities are shaped in the military environment. Objective: Understand how the new configurations of the military environment focus on the discourses of men participants in the Army. Methods: To do so, the thesis examines three studies using a qualitative aproach and an exploratory and descriptive research design and the Critical Discourse Analysis was used to analyse the data. Study 1 analyzed how masculinities are portrayed in military environment, describing the main characteristics appointed as descriptive of military men from interviews with 15 military men and the notes of a Field Camp Diary. Study 2 discussed how the new setting in the military environment influence the speeches of servicemen, understanding gender relations that are established and their perception of the addition of women in the Army from semistructure interview with 15 military men. Study 3 had the purpose to discuss women’s places in the military context, in the Brazilian Army in particular, attempts to expatiate about military women, based on the experiences of the first author and in field camp notes. Results: There was a synchrony between the results of the 3 studies in several respects. The institutional values learned through daily rituals reinforce practices of masculinities that through the discourses of military men reiterate gender stereotypes. In addition, the entrance of women in the military environment has brought about changes in relationships within the institution, although permeated by power relations.Conclusion: Although the process of entrance of women in the Brazilian Army is underway, it was possible to perceive among the military men equalitarian and receptive discourse towards women, even when unsure about changes to come. Some hidden discourses of women's unfitness for military service were perceived, justified by the physical and biological part. However, even an institution that has mostly men, allows processes equal to women allowing more and more spaces of action.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10360
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000483943-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial342,45 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.