Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/10691
Tipo: doctoralThesis
Título: Desenvolvimento de um instrumento para avaliação da percepção do risco de quedas em idosos
Autor(es): Morsch, Patricia
Orientador: Myskiw, Jociane de Carvalho
Myskiw, Mauro
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2017
Palavras-chave: IDOSOS
ACIDENTES - PREVENÇÃO
PERCEPÇÃO
FATORES DE RISCO
GERONTOLOGIA
MEDICINA
Resumo: Introdução: A queda é um importante problema de saúde pública para a população idosa. A literatura sugere que 30% a 40% delas são passíveis de prevenção através do manejo adequado dos fatores de risco. Esses têm sido extensivamente estudados pela epidemiologia. No entanto, a adesão aos programas de prevenção depende da percepção dos idosos em relação à queda e seus fatores de risco. Dessa forma, é importante encarar a subjetividade e a percepção do idoso relacionada a esse problema. Objetivo: O objetivo do presente estudo foi desenvolver um instrumento para avaliar a percepção do risco de quedas em idosos. Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva qualitativa com abordagem metodológica, realizada em três fases. A fase um, com objetivo de verificar as percepções dos idosos acerca das quedas e seus fatores de risco, foi realizada pela análise de conteúdo. A amostra foi composta por indivíduos com 60 anos ou mais de idade, da cidade de Porto Alegre. Na fase dois o instrumento foi elaborado embasado nas categorias principais resultantes da fase anterior. O instrumento desenvolvido foi então encaminhado para a validação de conteúdo, através da técnica dos juízes. Na fase três do estudo foi verificada a validade de face do instrumento por meio de grupos focais compostos por idosos. Resultados: Em relação à primeira fase do estudo, a codificação e a interpretação dos dados resultaram em duas categorias temáticas: a problematização das quedas e a percepção dos fatores de risco. A primeira categoria destaca que muitos idosos não percebem as quedas como um problema e, a segunda demonstra que os idosos percebem os fatores de risco para as quedas, mas muitas vezes, eles não são evitados. Os fatores de risco extrínsecos parecem ser os mais lembrados pelos idosos como causadores de quedas.Na segunda fase do estudo, o instrumento de pesquisa elaborado, com 36 questões, foi enviado para análise de validade de conteúdo por meio da avaliação de "juízes", em três aspectos: clareza de linguagem, importância e relevância teórica. Com estes resultados, foi calculado o Coeficiente de Validade de Conteúdo (CVC). Todas as perguntas com CVC <0,7 foram excluídas. O novo questionário, com 24 perguntas, depois de testado quanto à validade de face (fase 3), totalizou 14 questões. Conclusão: De acordo com os resultados preliminares, o questionário parece ser relevante para identificar se os idosos percebem a queda como um problema a ser prevenido e a sua percepção em relação aos fatores de risco. Esse conhecimento pode ajudar a desenvolver métodos mais eficazes para a prevenção de quedas. Os fatores de risco extrínsecos devem ser abordados de maneira diferenciada já que os riscos em casa e na rua são percebidos de maneiras diferentes. Uma abordagem menos objetiva, entendendo os significados atribuídos a cada fator de risco é importante para conseguir prevenir as quedas de forma mais eficaz.
Introduction: Falling is an important public health problem for older adults. The literature suggests that 30% to 40% of them are preventable through management of risk factors. These factors have been extensively studied by epidemiology. However, adherence to preventive programs depends on older adults’ perception in relation to falling and its risk factors. Thus, it is important to face the subjectivity and older adults’ perception related to this problem. Objective: The objective of the present study was to develop a questionnaire to evaluate older adults’ perception about the risk of falls. Methods: This is a qualitative and descriptive research with a methodological approach, carried out in three phases. Phase one, aiming to verifying older adults’ perceptions about falls and risk factors, was carried out by content analysis. The sample consisted of individuals aged 60 years and over, from the city of Porto Alegre. In phase two the questionnaire was developed, based on the main categories resulted from the previous phase. The questionnaire was then sent to content validity analysis, through evaluation of the judges. In the third phase of the study, questionnaire’s face validity was verified through focal groups constituted by older adults. Results: Regarding the first phase of the study, codification and interpretation of data resulted in two thematic categories: the problematization of falls and the perception of risk factors.The first category highlights that many older adults do not perceive falls as a problem, and the second category demonstrates that older adults perceive risk factors for falls, but often they are not avoided. Extrinsic risk factors seem to be the most remembered by the elderly as causes of falls. In the second phase of the study, the 36-question research tool was sent for content validity analysis through the evaluation of judges, in three aspects: language clarity, importance and theoretical relevance. With these results, the Validity Coefficient (VC) was calculated. All questions with VC <0.7 were excluded. The new questionnaire, with 24 questions, after being tested for facial validity (phase 3), reached 14 questions. Conclusion: according to preliminary results, the questionnaire seems to be relevant to identify if older adults perceive falling as a problem to be prevented and their perception regarding risk factors. This knowledge can help develop more effective methods for fall prevention. Extrinsic risk factors should be addressed differently, as risks at home and on the street are perceived differently. A less objective approach, understanding the meanings attributed to each risk factor is important in order to prevent falls more effectively.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10691
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000484835-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo7,66 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.