Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/10790
Type: doctoralThesis
Title: Modelagem & linguagem científica no ensino médio
Author(s): Scheller, Morgana
Advisor: Viali, Lorí
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Issue Date: 2017
Keywords: LINGUAGEM CIENTÍFICA
INICIAÇÃO CIENTÍFICA
ENSINO MÉDIO
EDUCAÇÃO
Abstract: Esta pesquisa objetiva analisar a Linguagem Científica de estudantes do Ensino Médio Integrado expressa nas produções escritas a fim de especificar em que medida a Modelagem Matemática contribui para o desenvolvimento da Linguagem Científica. Para isso se utilizou os procedimentos do Mapeamento na Pesquisa Educacional, constituindo assim quatro Mapas: de Identificação; o Teórico; de Campo; e o de Análise. O Mapa Teórico se constitui de referenciais que versam sobre Modelagem Matemática, Linguagem e Linguagem Científica, aportes teóricos de base empírica e analítica. A linguagem é entendida como um dos sistemas semióticos que se constituem em uma cultura distinguindo-se dos demais, pois atua como sistema de codificação para os outros. O Mapa de Campo, composto a partir de um levantamento de produções oriundas da Iniciação Científica de uma Instituição pública de ensino integrado, contém dez produções elaboradas no período entre 2004 e 2012, nas quais há utilização de Modelagem Matemática no processo. Extraíram-se delas fragmentos de modo a constituir o Mapa-guia de cada produção, organizados nas três fases da Modelagem Matemática. Para análise dos dados elegeram-se quatro categorias contemplando aspectos linguísticos e aspectos matemáticos: taxonomia técnica, processos semântico-gramaticais, representações visuais e letramento matemático. Os resultados e discussão estão contidos no Mapa de Análise.Os resultados indicam que os estudantes fazem uso de linguagem científica na expressão do processo de Modelagem Matemática utilizando, simultaneamente, aspectos linguísticos e matemáticos que são complementares na produção de significados. Na construção textual, permeada de recursos semióticos, fazem uso de linguagens cujas funções distintas preponderam, ou seja, adicionam outro significado ao já existente. Percebeu-se o desenvolvimento das habilidades relativas ao letramento matemático e científico. Desta forma, mediante o auxílio de medidas de associação e correlação de dados e escore padronizado, cinco das produções obtiveram desempenho geral (média das quatro categorias) acima do índice médio dos escores, caracterizando assim o uso da Linguagem Científica. Sendo assim, defende-se a tese de que a Modelagem Matemática contribui para o desenvolvimento da Linguagem Científica de estudantes do Ensino Médio uma vez que evidenciou-se a implantação competente do significado matemático no contexto, quando expressão verbal e representações visuais foram utilizados de modo interdependente.
This research aims to study the Scientific Language of high school students, expressed in the written productions in order to specify to what extent Mathematical Modeling contributes to the development of the Scientific Language. For this purpose, the procedures of Educational Research Mapping were used, constituting four Maps: identification, theoretical, field and analysis. The theoretical map, constituted of theoretical references, explains about Modelling Mathematical, Language and Scientific Language, theoretical contributions of both empirical and analytic base. Language is understood as one of the semiotic systems, these that make a culture distinguish itself from the others because it acts as a codification system for others. The field map, composed from a survey about the production of the Scientific Initiation in a High School public institution, contains 10 productions elaborated between 2004 and 2012, in which Modelling Mathematical was used in the process. From them, fragments were extracted in order to constitute the Guide Map of each production, organized in the three phases of Modelling Mathematical. For the data analysis, four categories were chosen: linguistic aspects and mathematical aspects: technical taxonomy, semantic-grammatical processes, visual representations and mathematical literacy. The results and discussion are contained in the analysis Map.The results indicate that students make use of scientific language in the expression of the process of Modelling Mathematical using simultaneously linguistic aspects and mathematical aspects, both complementary in the production of meanings. In textual construction, permeated with semiotic resources, they make use of languages whose distinct functions preponderate, that is, they add another meaning to the existing one. The development of the skills related to mathematical and scientific literacy was perceived. Thus, through the use of measures of association and data correlation and standardized score, five of the productions obtained general performance (average of four categories) above the average score of high school students, thus characterizing the use of the Scientific Language. Thus, it is defended the thesis that Mathematical Modeling contributes to the development of the Scientific Language of High School students since the competent implementation of the mathematical meaning in the context was evidenced, when verbal expression and visual representations were used in a way interdependent.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10790
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000484987-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.