Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/10791
Tipo: masterThesis
Título: Public reason, political behavior, and the determinants of informal political deliberation in Brazil
Autor(es): Tomkowski, Felipe Goulart
Orientador: Bagolin, Izete Pengo
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Economnia do Desenvolvimento
Fecha de Publicación: 2017
Palabras clave: COMPORTAMENTO POLÍTICO
DEMOCRACIA
RACIONALIDADE
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO
ECONOMIA
Resumen: A presente dissertação tem por objetivo investigar o valor instrumental do comportamento humano para o funcionamento da democracia através da ideia de razão pública. A interação que existe entre governo e cidadãos é determinante para que as políticas públicas de um país sejam condizentes com as preferências da população e não de grupos de poder. Sendo assim, torna-se importante analisar a ideia subjacente à democracia de "governo pela discussão" à luz de teorias que nos iluminem tanto no que diz respeito à ideia de decisão coletiva justa, quanto, ao real comportamento humano. Para tal, primeiramente é apresentada a ideia de razão pública a contraponto, em particular, as visões de Rawls e Sen, dando ênfase para ao conceito de imparcialidade nas decisões políticas. Em seguida, na terceira seção, trabalham-se as ideais de racionalidade, razoabilidade, introduzindo-se os conceitos de heurísticas, vieses, e valores sociais. Assim, constrói-se uma associação para se pensar sobre os resultados de diferentes tipos de comportamento humano para a democracia e como é possível refletir a partir dele sobre as ideias de objetividade posicional e transcendental. Finalmente, na seção IV, realiza-se uma investigação empírica através da base de sobre a relação entre percepções sobre informações e disposições políticas e a frequência de conversa sobre política com os amigos.Utiliza-se um modelo de regressão logística ordenada, com dados do Latino Barômetro de 2015 para o Brasil, aliado ao método de componentes principais para capturar dimensões explicativas relevantes. Os seguintes resultados obtidos contradizem as hipóteses prévias: a falta de confiança no governo e a percepção de garantias faltantes não significativos, o ativismo dissociado a causas específicas reduz, ao passo que, um senso de cidadania ao reverso aumenta as chances de se conversar sobre política com mais frequência com amigos.
The present dissertation aims to investigate the instrumental role of human behaviour for democracy through the idea of public reason. The interaction between government and citizens is decisive for a country's public policies to be in line with population preferences rather than power groups. Thus, it becomes important to analyse the idea underlying democracy of "government by discussion" in the light of theories that enlighten us both with regard to the idea of just collective decision and real human behaviour. To this end, we first counterpoint the idea of public reason, in particular, of Rawls and Sen, with an emphasis on the concept of impartiality in political decisions. Then, in the third section, we work on the notions of rationality, reasonableness, introducing the concepts of heuristics, biases, and social values. Thus, an association is constructed for thinking about the results of different types of human behavior for democracy and how the ideas of positional and transcendental objectivity fit this purpose well. Finally, in section IV, we conduct an empirical investigation based on the relationship between perceptions of relevant political information and dispositions and the frequency of political talk with friends. We use a logistic regression model, with data from the 2015 Latin Barometer for Brazil, combined with principal components method to capture relevant explanatory dimensions. The following results contradict previous hypotheses: lack of trust in the government and the perception of absent guarantees are not significant, while activism dissociated of specific causes reduces and a reverse sense of citizenship increases the chances of talking about politics more frequently with friends.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10791
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000484990-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo645,82 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.