Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/10855
Type: masterThesis
Title: Comparação entre duas técnicas de higienização das mãos em pacientes de diálise peritoneal
Author(s): Siqueira, Soraia Lemos de
Advisor: D'Avila, Domingos Otávio Lorenzoni
Figueiredo, Ana Elizabeth Prado Lima
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Issue Date: 2012
Keywords: DIÁLISE PERITONEAL
PELE - CUIDADOS E HIGIENE
INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA
ETANOL
NEFROLOGIA
Abstract: INTRODUÇÃO: A higienização das mãos é um importante procedimento para a prevenção de infecções relacionadas a diálise peritoneal. OBJETIVO: comparar a eficácia de duas técnicas de higienização das mãos, na redução do número de unidades formadoras de colônia em pacientes em programa de diálise peritoneal. MATERIAIS E MÉTODO: Estudo observacional, transversal. Vinte e dois indivíduos submetidos a duas coletas da flora microbiológica das mãos, em dois momentos distintos: após higienização das mãos com água e sabão não antimicrobiano seguida de fricção com álcool etílico 70%, apresentação gel; após aplicação de álcool etílico 70%, apresentação gel. Culturas obtidas da superfície dos dedos das mãos, diretamente em placas de Agar Sangue de Carneiro. RESULTADOS: A comparação entre grupos mostrou uma diferença significativa (p<0,01), nas unidades formadoras de colônia nas mãos direitas e mãos esquerdas, a média 59,6±43,1 do grupo água e sabão não antimicrobiano; mostrou-se mais elevada que no grupo álcool etílico 70%, apresentação gel (31,8±39,9). Esta diferença é caracterizada pela presença de colônias de Staphyloccocus coagulasenegativa, sendo que este foi o germe prevalente nas culturas. CONCLUSÃO: A higienização com álcool etílico 70%, apresentação gel produziu maior redução no número de unidades formadoras de colônia.
Hand hygiene is an important procedure in preventing peritoneal dialysis-related infections. OBJECTIVE: To compare the effectiveness of two distinct techniques for hand hygiene in reducing the number of colony-forming units in patients on peritoneal dialysis. PATIENTS AND METHOD: Observational study. Twenty-two patients underwent two collections of microbiological flora from the hands in two different instances: after hand washing with non-antimicrobial soap and water followed by rubbing with 70% ethyl alcohol, gel presentation, after application of 70% ethyl alcohol, presentation gel. Cultures were obtained by applying the fingers surface directly on agar-blood plates. RESULTS: The comparison between groups showed a significant difference (p <0.01) in colony-forming units in the right hands and left hands, mean 59.6 ± 43.1 in the group not antimicrobial soap and water, proved higher than in group 70% ethyl alcohol, presentation gel (31.8 ± 39.9). This difference is characterized by the presence of colonies of Staphylococcus coagulase-negative, and this was predominant in the seed crops. CONCLUSION: Hand rubbing with gel-alcohol was more effective in reducing the number of colonies recovered than the other methods.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10855
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000485454-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,73 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.