Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/10946
Tipo: doctoralThesis
Título: A produção do conhecimento do serviço social sobre a inserção profissional na política pública de educação no Brasil: desafios e perspectivas no âmbito do projeto profissional
Autor(es): Silveira, Silvia Regina
Orientador: Maciel, Ana Lúcia Suárez
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2017
Palavras-chave: EDUCAÇÃO - POLÍTICAS PÚBLICAS
EDUCAÇÃO - BRASIL
SERVIÇO SOCIAL
Resumo: O presente estudo, orientado pelo método dialético-crítico, refere-se a produção do conhecimento do Serviço Social sobre a inserção profissional na Política Pública de Educação no Brasil: desafios e perspectivas no âmbito do Projeto Profissional, tendo como problema a seguinte questão: Como a produção de conhecimento do Serviço Social sobre a inserção dos profissionais na Política de Educação vem se conformando, no Brasil, no período de 2008 a 2016? O objetivo geral foi analisar de que forma a inserção profissional na Política de Educação no Brasil é abordada na produção de conhecimento do Serviço Social, com vistas a subsidiar a categoria profissional para uma apreensão crítica e sintonizada com o Projeto Profissional. Esta pesquisa se fundamenta na teoria social crítica, a partir das construções teóricas de István Mészáros, que nos instiga a apreender a Política de Educação em seu movimento contraditório, pois se de um lado, desenvolve práticas educativas que subalternizam a classe trabalhadora, de outro, tem o potencial de desenvolver projetos educativos que resistam à interiorização da alienação inerente a sociedade de classes. A referida pesquisa se debruçou em uma das fontes de produção de conhecimento do Serviço Social que são os Anais dos dois maiores encontros da categoria profissional CBAS (Congresso Brasileiro de assistentes Sociais) e ENPESS (Encontro Nacional de Pesquisadores em Serviço Social), ocorridos entre os anos de 2008 e 2016. Foram mapeados 265 trabalhos nos referidos encontros e que de alguma forma abordavam a inserção profissional na Política de Educação. Para a coleta de dados, foi utilizada a pesquisa qualitativa, através da pesquisa bibliográfica. No tratamento dos dados foi realizada a análise de conteúdo baseada em Bardin (2006).Como principais resultados identificou-se que os (as) assistentes sociais inserem-se na Política de Educação sendo requisitados (as) pelo Estado para atuar nos programas e ações governamentais que visam a ampliação do acesso e da permanência dos sujeitos na referida política, sendo tal inserção marcada pelo tensionamento entre as requisições institucionais postas e o compromisso profissional com um projeto educativo que atenda aos interesses da classe trabalhadora. Por intermédio da análise de conteúdo realizada chegamos a seguinte Tese: A produção de conhecimento do Serviço Social, tendo como campo de análise os Anais do CBAS e do ENPESS (2008-2016) aborda a inserção profissional na Política de Educação através de duas perspectivas apreendidas: de reprodução à ordem dominante e/ou de resistência ao poder subalternizante da sociabilidade do capital, demonstrando o tencionamento entre o Projeto Profissional e o conservadorismo ainda presente no trabalho profissional na Política de Educação. Concluiu-se que para além das atividades realizadas para a viabilização do acesso e permanência dos sujeitos na referida política, os (as) assistentes sociais são desafiados (das) a potencializar as ações referentes aos processos sociais emancipatórios, contribuindo para a efetivação da educação, enquanto direito social comprometida com os interesses da classe trabalhadora.
The present study, guided by the dialectical-critical method, refers to the production of Social Service knowledge about the professional insertion in Education Policy in Brazil: challenges and perspectives within the scope of the Professional Project. Knowledge production of the Social Service on the insertion of professionals in Education Policy has been conforming in Brazil, from 2008 to 2016? The general objective was to analyze how the professional insertion in the Education Policy in Brazil is approached in the production of knowledge of Social Work, aiming to subsidize the professional category for a critical apprehension and in tune with the Professional Project. This research is based on critical social theory, based on the theoretical constructions of István Mészáros, which instigates us to apprehend the Education Policy in its contradictory movement, because if on the one hand, it develops educational practices that subalternize the working class, on the other, Has the potential to develop educational projects that resist the internalization of alienation inherent in class society. This research was based on one of the sources of knowledge production of the Social Service, which are the Proceedings of the two major meetings of the CBAS (Brazilian Congress of Social Workers) and ENPESS (National Meeting of Researchers in Social Work) Years of 2008 and 2016. 265 papers were mapped in these meetings and that somehow addressed the professional insertion in Education Policy. For data collection, qualitative research was used, through bibliographic research. In the data treatment, the content analysis was performed based on Bardin (2006).As main results, it was identified that the social workers are included in the Education Policy being requested by the State to act in the governmental programs and actions that aim at the extension of the access and the permanence of the subjects in said policy, being Such insertion marked by the tension between institutional requisitions and professional commitment to an educational project that meets the interests of the working class. Through the content analysis carried out, we arrive at the following thesis: The production of knowledge of Social Service, having as an analysis field the Annals of CBAS and ENPESS (2008-2016) addresses the professional insertion in Education Policy through two perspectives apprehended : From reproduction to the dominant order and / or resistance to the subalternizing power of the sociability of capital, demonstrating the intention between the Professional Project and the conservatism still present in professional work in Education Policy. It was concluded that in addition to the activities carried out to enable access to and permanence of the subjects in the aforementioned policy, social workers are challenged to enhance actions related to emancipatory social processes, contributing to the effectiveness of education, As a social right committed to the interests of the working class.
URI: http://hdl.handle.net/10923/10946
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000487105-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,29 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.