Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/11021
Tipo: doctoralThesis
Título: Ensaios em criminalidade no Rio Grande do Sul
Autor(es): Cortes, Renan Xavier
Orientador: Fochezatto, Adelar
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Economnia do Desenvolvimento
Data de Publicação: 2017
Palavras-chave: CRIMINALIDADE - RIO GRANDE DO SUL
INDICADORES SOCIAIS
DIREITO PENAL
Resumo: Esta tese aborda o tema da criminalidade no Rio Grande do Sul (RS) através de quatro ensaios. O primeiro se dedica a fazer uma discussão aprofundada dos crimes nos municípios gaúchos, enfatizando os problemas relacionados a estimações de taxas brutas, principalmente em municípios pequenos. Este artigo, além de fazer uma extensa análise descritiva da criminalidade municipal no RS, busca contornar os problemas de estimação fazendo uso da abordagem bayesiana Integrated Nested Laplace Approximation (INLA) a fim de criar índices agregados de criminalidade. Utilizando as penas previstas em leis, criou-se também índices desagregados contra o patrimônio e contra a vida e a abordagem utilizada se mostrou eficiente na redução de variabilidade de municípios com alta variância. O segundo artigo avalia o efeito da luminosidade na criminalidade gaúcha estimando o efeito do horário de verão (HV). Diversas regressões em descontinuidade, tanto no período de início do HV, quanto no final, foram estimadas. Possíveis efeitos foram controlados, como o dia da semana e variáveis climatológicas, e os resultados apontam que, majoritariamente, não existe efeito significativo do HV na criminalidade do RS. Estes resultados se mostraram robustos a diferentes especificações dos modelos. O terceiro se refere a uma nova ferramenta de visualização de dados interativa das ocorrências criminais no RS, o CrimeVis. Esta plataforma de visualização é construída usando a tecnologia Shiny e a linguagem R com diversos tipos de visualizações. Este artigo discute a importância da visualização de dados, exemplifica a construção do CrimeVis através de códigos e mostra como que ele se configura um dispositivo poderoso para compreensão da dinâmica criminal gaúcha. O quarto, e último, ensaio busca estudar a temporalidade e a espaçotemporalidade dos crimes no RS através de Cadeias de Markov.Este artigo estima as probabilidades de transição e razões de chance dos municípios gaúchos entre os estados de ausência/presença de crime de um período inicial em relação à presença/ausência de um período final. Ademais, o efeito conjunto espacial de vizinhança no período inicial também é medido. As evidências mostraram que existe um deslocamento de roubo de veículos para a região metropolitana de Porto Alegre e um forte efeito de vizinhança na transição mais recente 2015-2016, uma estabilidade temporal em homicídios (com efeito espaço-temporal de vizinhança) e tráfico de entorpecentes com regiões de ocorrência definidas entre o norte e o sul do estado e uma quebra estrutural acentuada nos delitos relacionados a armas e munições entre o ano de 2003 e 2004.
This thesis approaches the theme of crime in Rio Grande do Sul (RS) through four essays. The first one is devoted to an in-depth discussion of crimes in the municipalities of Rio Grande do Sul, emphasizing the problems related to the raw rates estimations, especially in small municipalities. This article, in addition to making an extensive descriptive analysis of municipal crime in RS, seeks to overcome the problems of estimation by using the bayesian Integrated Nested Laplace Approximation (INLA) approach to create aggregate crime rates. Using the law penalties for each crime type, we also created disaggregated indexes against economic patrimony and against life and the approach used was efficient in reducing the variability of municipalities with high volatility. The second article assess the effect of luminosity on RS crimes, estimating the effect of the Daylight Savnig Time (DST). Several discontinuous regressions, both at the beggining of DST and at the end, were estimated. Possible effects were controlled, as weekday and climatological variables, and the results indicate that, mostly, there is no significant effect of DST on RS crimes. These results were robust to different model specifications. The third refers to a new tool for interactive data visualization of criminal occurrences in RS, CrimeVis. This visualization platform is constructed using Shiny technology and the R language with several types of visualizations. This article discusses the importance of data visualization, exemplifies the construction of CrimeVis through codes and shows how it is a powerful device for understanding the criminal dynamics of RS. The fourth, and last, essay seeks to study the temporality and space-temporality of crimes in RS through Markov Chains.This article estimates the transition probabilities and odds ratios of municipalities between absence/presence of crime of an initial period in relation to a presence/absence of a final period. In addition, the spatial neighborhood joint effect of the initial period is also measured. Evidence has shown that there is a displacement of cars robbery to the metropolitan region of Porto Alegre and a strong neighborhood effect in the most recent transition from 2015-2016, a temporal stability in homicides (with space-time neighborhood effects) and narcotics trafficking with defined regions of occurrence between the north and the south of the state and a highlighted structural break in the crimes related to the arms and ammunition between the year of 2003 and 2004.
URI: http://hdl.handle.net/10923/11021
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000487593-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo20,2 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.